Gabriel faz fisioterapia e não treina; Mário Fernandes sofre entorse

Jogadores ficam de fora do treino nesta tarde de terça-feira no Olímpico

O Grêmio voltou aos treinos após a segunda-feira de folga com dois desfalques na tarde desta terça. Gabriel, ausente nos últimos três jogos pelo Brasileirão 2010, restringiu as atividades à academia do vestiário principal. Ele ainda faz fisioterapia, recuperando-se de contratura muscular na coxa direita.Segundo o médico Felipe do Canto, Gabriel deve treinar na quarta-feira, dependendo dos exercícios programados pelo técnico Renato Gaúcho. A escalação para domingo depende da liberação de Gabriel para se confirmar.

– Fizemos uma programação para o Gabriel. Hoje ele fica na fisioterapia, amanhã ele pode treinar, conforme o treino que o Renato preparar – explicou o médico.

Às 17h de domingo o Grêmio recebe o Botafogo no Estádio Olímpico. Empate ou vitória garantem os tricolores no G-4 da competição. Se Gabriel enfim livrar-se das dores na coxa, o time terá Victor; Gabriel, Paulão, Rafael Marques e Fábio Santos; Fábio Rochemback, Adilson, Lúcio e Douglas; Jonas e André Lima.

Mário Fernandes é ausência certa. Após quatro meses afastado, devido a uma cirurgia no ombro direito, ele sofreu um entorse no tornozelo esquerdo na vitória de 3 a 0 sobre o Guarani, domingo passado. Após um exame de raio-X a lesão foi diagnosticada.

Grêmio marca reunião para papo com Leandro, mas já descarta recisão

Fora de ação, atacante se envolveu em polêmica e tem levado bronca geral

Assessor de futebol do Grêmio, Rui Costa disse, nesta segunda-feira, que a direção vai conversar com Leandro na terça para decidir como proceder em nova polêmica envolvendo o atleta. O jogador foi flagrado em vídeo em festa de uma facção de torcida do São Paulo, no sábado.

– Não é a primeira vez que ele se envolve em polêmica. Vamos tratar disso na reapresentação dos jogadores. Ele estava de folga, e era seu direito ir até a festa, mas expôs a imagem do Grêmio. O atleta representa o clube 24 horas por dia.

O dirigente rechaçou a possibilidade de rescisão com o atleta, mas não descartou uma punição. Leandro tem contrato com o Grêmio até dezembro de 2012.

– Nunca passou nem passa pela nossa cabeça uma rescisão. O jogador é patrimônio do clube, e nós vamos resolver isso internamente.

Costa também comentou o arrependimento do presidente Duda:

– É a decepção de um presidente que investiu em um jogador que não conseguiu apresentar seu melhor futebol.

Grêmio goleia, segue no G4 e fica com o Saldanhão

Equipe gaúcha, agora, tem duelo direto com o Botafogo na última rodada. Resultado decreta o rebaixamento do Bugre.

O Grêmio não fez esforço para golear por 3 a 0 um esforçado Guarani, na tarde deste domingo, no Brinco de Ouro, pela penúltima rodada do Brasileirão. O resultado mantém o Tricolor gaúcho no G4 e premia a equipe do Sul com o Troféu João Saldanha, dado pelo LANCE! ao campeão do returno. Já o Bugre dá adeus à Série A.

Agarrado às poucas chances de não ser rebaixado, o Guarani partiu com tudo para cima do Grêmio. E quase marcou no primeiro minuto. Baiano enfiouótima bola para Reinaldo, que tocou para dentro da área para a chegada de Mazola. Porém, Fábio Santos se adiantou, evitando a conclusão do atacante.

Também querendo vencer para se manter no G4, o Tricolor gaúcho perdeu o zagueiro Mário Fernandes aos 10. Improvisado na direita, o jogador, que voltava a jogar depois de quatro meses parado, sentiu o tornozelo esquerdo e precisou ser substituído.

Os goleiros só começaram a aparecer aos 23, quando o Grêmio abriu o placar. Após cobrança de falta de Rochemback pela esquerda, André Lima subiu mais que a zaga e, de cabeça, desviou para a rede, sem chances para Emerson.

O jogo tornou-se, então, aberto. O Bugre, mais contundente em campo, pecava pela falta de criatividade, mas assustou com Baiano, em cobrança de escanteio, Mazola, que acertou o travessão, e Apodi, que quase enganou Victor em chute que quicou na frente do goleiro.

Na volta do intervalo, o Grêmio pareceu que tomaria conta da partida, mas foi apenas engano. O time do Sul seguiu cadenciando o jogo, vendo o Guarani chegar e obrigar Victor a fazer algumas defesas. Mas o Bugre seguia sem qualidade no meio de campo.

A melhor chance de empate do Guarani aconteceu em cobrança perfeita de falta de Baiano, que obrigou Victor a defender no ângulo esquerdo. Mas o Bugre, que seguia melhor, foi castigado com mais um gol. Diego foi derrubado na área por Ronaldo e, na cobrança, Jonas ampliou.

Para confirmar a permanência entre os quatro primeiros, o Grêmio ampliou. Jonas viu Diego se movimentar e entrar na área e deu lindo passe para o companheiro, que afundou a rede de Emerson. Era o rebaixamento selado do Guarani, que sentiu o gostinho da Primeira Divisão por apenas sete meses.

FICHA TÉCNICA:
GUARANI 0 X 3 GRÊMIO

Local: Brinco de Ouro, em Campinas (SP)
Data/Hora: 28/11/2010 – 17h (de Brasília)
Árbitro: Nielson Nogueira Dias (PE)
Auxiliares: Jossemmar José Moutinho (PE) e José Pedro da Silva (PE)
Cartões amarelos: Maycon, Mazola, Baiano, Aislan (GUA); Fábio Rochemback, Jonas (GRE)
Cartões vermelhos:

GOLS: André Lima 23′/1T (0-1); Jonas 33′/2T (0-2); Diego 38′/2T (0-3)

GUARANI: Emerson, Apodi, Aislan, Aílson e Márcio Careca; Maycon, Baiano, Paulinho (Pablo, intervalo) e Diego Barboza (Ronaldo, 27′/2T); Mazola e Reinald (Douglas, 11′/2T). Técnico: Vágner Mancini.

GRÊMIO: Victor, Mário Fernandes (Ferdinando, 11′/1T), Paulão, Rafael Marques e Fábio Santos; Fábio Rochemback, Adilson, Lúcio (Gilson, 36′/2T) e Douglas; Jonas e André Lima (Diego, 21′/2T). Técnico: Renato Gaúcho.

Guarani joga contra o Grêmio para se segurar na elite

Bugre encara os gaúchos precisando vencer para permacencer na Primeira Divisão. Tricolor quer seguir no G4

Mesmo com grandes chances de cair para a Série B, o Guarani tem dois jogos pela frente que podem decidir o título brasileiro e uma das vagas
brasileiras na Libertadores do ano que vem. E as “decisões” começam neste domingo, às 17h, quando o Bugre recebe o Grêmio, no Brinco de
Ouro, em Campinas. Uma derrota rebaixa o timecampineiro para a Segunda Divisão.

E o retrospecto é ainda pior. Sem saber o que é vitória há 11 rodadas, o Guarani ainda tem o pior ataque com 33 gols. O único número positivo é o Tricolor Gaúcho não vence o Bugre em Campinas há 12 anos.

– A equipe iniciou bem a competição, mas depois caiu muito de produção. Esperávamos algumas boas partidas para conseguir escapar, mas
infelizmente o rendimento caiu e não conseguimos reagir a tempo de escapar – afirmou o presidente do clube, Leonel Martins de Oliveira.

Ouça na RÁDIO LANCE!

Lúcio: ‘Não podemos lamentar os pontos perdidos’
Douglas: ‘Se tivéssemos reagido antes, brigaríamos pelo título’
Renato feliz com assédio da torcida gremista
Renato quer tirar proveito da situação do Guarani

Para o jogo, o treinador não poderá contar com Geovane, que recebeu o terceiro cartão amarelo no último jogo e está fora. Reinaldo deve ser
seu substituto. Além dele, Mancini também não terá o goleiro Douglas, o zagueiro Fabão, o volante Renan e o meia Ricardo Xavier, todos
machucados. Durante a semana, o meia Preto e o atacante Mazola reclamaram de dores musculares e são dúvidas para a partida. Se não
jogarem, Paulinho e Pablo serão os titulares, respectivamente.

Precisando vencer e torcer para se manter à frente de Atlético-PR e Botafogo na briga pela última vaga para a Libertadores-2011, os Grêmio ganhou um reforço importante para o duelo contra o Guarani, neste domingo, em Campinas. Presente no STJD nesta sexta-feira, o atacante Jonas pegou um jogo de suspensão – já cumprido – e está liberado para a reta final do Brasileirão.

O camisa 7 do Tricolor gremista respondeu ao artigo 254-A (Praticar agressão física durante a partida, prova ou equivalente) por ter acertado o rosto de Adriano, do Santos, com uma cotovelada no dia 13 de novembro. Podendo ser suspenso de quatro a 12 jogos, Jonas pegou apenas um. Aliviado com a liberação, Jonas admitiu que é difícil comparecer ao Tribunal e que já está com o pensamento voltado para o jogo deste domingo.

– É complicado estar na frente dos auditores, sendo julgado, mas saio feliz com o resultado, vou comemorar muito. Já estou pensando no Guarani. Vou dar o máximo nesses dois jogos para ajudar o Grêmio nessa briga pela vaga na Libertadores. Domingo tem uma pedreira – disse o atacante.

Com a notícia de que Jonas está liberado para atuar, o técnico Renato Gaúcho vai mantê-lo ao lado de André Lima na frente. O restante do time é o mesmo que vem atuando nas últimas rodadas, tirando o zagueiro Mário Fernandes, que volta a ser titular, improvisado, no lugar de Gabriel.

FICHA TÉCNICA:
GUARANI X GRÊMIO

Local: Brinco de Ouro, em Campinas (SP)
Data/Hora: 28/11/2010 – 17h (de Brasília)
Árbitro: Nielson Nogueira Dias (PE)
Auxiliares: Jossemmar José Moutinho (PE) e José Pedro da Silva (PE)

GUARANI: Emerson, Apodi, Aislan, Aílson e Márcio Careca; Maycon, Baiano, Preto e Diego Barboza ; Mazola e Reinaldo. Técnico: Vágner Mancini.

GRÊMIO: Victor, Mário Fernandes, Paulão, Rafael Marques e Fábio Santos; Fábio Rochemback, Adilson, Lúcio e Douglas; Jonas e André Lima. Técnico: Renato Gaúcho.

Aliviado após vitória no STJD, Jonas comemora ‘um ano 10’ pelo Grêmio

Artilheiro do Brasileirão 2010 enfrenta seu ex-clube em Campinas no domingo

Jonas corria o risco de ausentar-se do confronto com o Guarani, às 17h do próximo domingo, em Campinas. Mas ele deixou a sede do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) feliz, e liberado para jogar. Punido com um jogo de suspensão – já cumprido – o artilheiro do Brasileirão estará em campo pelo Grêmio.Após a sessão desta tarde de sexta, Jonas comemorou. Participar das rodadas finais permite ao atacante construir um belo desfecho em ano por ele considerado nota 10. Principalmente depois de receber indicação ao Prêmio Craque Brasileirão, no mesmo dia.

– Fiquei feliz pela indicação, não só da posição, mas também na do craque. Tirei 2010 para ser um ano 10 para mim, tomara que consiga fechar com chave de ouro – disse, em entrevista à Rádio Gaúcha.

O jogador admitiu que os dias de véspera de um julgamento importante no Rio de Janeiro foram de pouco sono:

– Essa semana toda eu vou dizer que não tive cabeça para treinar. Mas todo mundo passa por isso, estou pronto para jogar esses dois jogos.

Jonas volta pela primeira vez ao Brinco de Ouro da Princesa, estádio onde foi revelado pelo Guarani, seu primeiro clube profissional. Além deste momento nostálgico, Jonas ganha ainda nova chance para ultrapassar Renato Gaúcho na lista de artilheiros do Grêmio – o agora técnico da equipe tem 74 gols pelo clube, um a mais que o atual dono da camisa 7.

Jonas vai ao STJD para auxiliar defesa em julgamento nesta sexta

Atacante não participa do treino marcado para o turno da manhã no Olímpico

Existe apenas uma dúvida na escalação do Grêmio que enfrenta o Guarani às 17h de domingo, em Campinas, pela penúltima rodada do Brasileirão 2010. O atacante Jonas, artilheiro da competição, vai a julgamento no Superior Tribunal da Justiça Desportiva (STJD).Denunciado por agressão física, conforme o artigo 254-A do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, ele corre risco de suspensão entre quatro e 12 jogos. Para auxiliar na defesa, Jonas estará na sessão marcada para as 14h desta sexta, na Quarta Comissão Disciplinar.

Com a viagem ao Rio de Janeiro, Jonas não participa do treino programado para o turno da manhã. Além do atacante tricolor, os advogados do clube tentam ainda levar ao STJD o volante Adriano, do Santos.

Amigo de Jonas, Adriano recebeu a falta que resultou na expulsão de Jonas, aos 18 minutos do empate em 0 a 0 entre as duas equipes, em 13 de novembro, na Vila Belmiro. A ideia é contar com o depoimento do atleta santista em benefício de Jonas, contrariando a súmula escrita pelo árbitro Ricardo Marques Ribeiro.

No documento, ele relata que Jonas teria acertado um soco nas costas do adversário. Mas o atacante estava à frente de Adriano, e acabou acertando-o com o cotovelo em movimento ostensivo de proteção da bola.

Jonas será julgado na sexta e pode desfalcar o Grêmio nas rodadas finais

Atacante vai ao STJD denunciado por agressão física contra Adriano

Grêmio e Santos se enfrentaram no dia 13 de novembro, na Vila Belmiro, com empate em 0 a 0. Os gaúchos sustentaram o resultado mesmo com um jogador a menos durante praticamente toda a partida.Isso porque o atacante Jonas foi expulso logo aos 18 minutos, depois de acertar uma cotovelada no volante santista Adriano.

Agora, Jonas vai a julgamento no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). A sessão da Quarta Comissão Disciplinar está marcada para as 14h da próxima sexta-feira.

A Procuradoria denunciou o artilheiro do Brasileirão 2010 por agressão física. Se for condenado, Jonas pode cumprir pena entre quatro e 12 jogos de suspensão. Desta forma, desfalcaria o Grêmio nos dois jogos finais da competição – contra Guarani e Botafogo – e também em partidas de 2011.

Na última terça o departamento jurídico do clube conseguiu liberar Douglas, convencendo os auditores da Segunda Comissão Disciplinar a considerar o caso do camisa 10 tricolor prescrito. Novamente o técnico Renato Gaúcho depende dos advogados gremistas para escalar o time titular às 17h de domingo, em Campinas, contra o Guarani.