Com postura renovada, Grêmio crê em melhor sorte no clássico

Atuação no empate com o Cruzeiro vira exemplo para o Gre-Nal de domingo. Tricolor está em situação complicada, na zona de risco

Nas últimas quatro rodadas do Brasileirão, realizadas após a Copa do Mundo da África do Sul, o Grêmio conquistou apenas três de 12 pontos disputados. Empatou com Vasco, Vitória e Cruzeiro e perdeu para o Grêmio Prudente. Tal desempenho colocou o Tricolor em situação delicada, mas o último jogo animou os jogadores.

Embora o empate por 2 a 2 com o Cruzeiro de certa forma tenha sido frustrante, a postura apresentada em campo dá um ânimo diferente a Hugo, por exemplo.

– Houve uma melhora na entrega dos jogadores em campo. Estávamos entrando em campo com uma vontade um pouco abaixo do que estamos acostumados. Não era só com a camisa que íamos ganhar. Os adversários já não estavam no respeitando mais – opinou o meia tricolor.

Borges concorda com o companheiro. Até porque o time tem de estar mais do que motivado para o clássico de domingo, contra o Inter, no Beira-Rio.

– Vejo o Grêmio bem diferente. O time está com muita pegada e vontade. Estamos dispostos para o clássico, que é um jogo que mexe com a cidade, que mexe com os atletas – acrescentou o atacante gremista.

Para o Gre-Nal, o técnico Silas já tem o time praticamente definido. A provável escalação é: Victor; Rodrigo, Rafael Marques e Ozeia; Maylson, Adílson, Ferdinando, Douglas e Hugo; Jonas e Borges.

Souza pode ser a novidade no segundo tempo do Gre-Nal

Meia, que operou o joelho esquerdo, está sem atuar desde o Campeonato Gaúcho

Seis meses depois de machucar o joelho esquerdo em um Gre-Nal do Gauchão, o gremista Souza poderá voltar a jogar justamente no clássico de domingo, no Beira-Rio, pelo Brasileirão.

Segundo o zagueiro Rafael Marques, escalado para a entrevista coletiva desta quarta-feira, Souza participou do treino da manhã, realizado com os portões do Olímpico fechados.

– Ele treinou com desenvoltura. Já tem algumas semanas que ele faz tudo o que o grupo faz – disse Rafael Marques.

O técnico Silas tem declarado que dificilmente utilizará Souza desde o início em uma partida de tanta responsabilidade. Mas admitiu que ele poderá ser escalado em parte do segundo tempo.

Desde que está no Grêmio, o ex-são-paulino só tem atuado como jogador mais adiantado do meio de campo, sempre no 4-4-2. Mas poderá entrar na ala direita, que ocupava nos tempos de Morumbi. Isso porque o treinador já confirmou que utilizará o 3-5-2. Ou, então, substituir o articulador Douglas, que atua à frente dos dois volantes.

O certo é que o joelho de Souza “está zerado”, como ele definiu duas semanas atrás, após ser submetido a exames de imagem. Na ocasião, precisando apenas apurar a forma física e técnica, ele até brincou: “Só espero que o Silas não me ponha nos coletivos, senão ele vai querer me escalar logo”.

Gremista desde pequeno, zagueiro Ozeia vai torcer contra o Colorado

Jogador do Tricolor espera que o Internacional entre em campo no clássico de domingo preocupado com o duelo pela Libertadores contra o São Paulo

Nascido em Nonoai, no interior gaúcho, o zagueiro Ozeia é gremista desde criança. Nesta quarta-feira, dia do primeiro jogo pelas semifinais da Copa Libertadores entre Inter e São Paulo, o jogador que foi contratado pelo Tricolor gaúcho depois de uma passagem pelo Paços de Ferreira, de Portugal, garante que vai estar ligado na televisão secando o rival.

– Que dúvida…. claro que vou secar! Como bom gremista, vou secar o Inter – garante Ozeia.

O zagueiro espera que o São Paulo vença a partida desta quarta-feira e que isto reflita no desempenho colorado no Gre-Nal de domingo, pelo Brasileirão.

– Não sei se influencia, tomara que sim e que a gente saia vitorioso no domingo – disse o jogador

Rafael Marques: ‘estamos loucos para jogar este Gre-Nal’

Zagueiro evitou dar pistas sobre o que foi trabalhado no treino fechado na manhã desta quarta. Esquema 3-5-2 deverá ser mantido para o clássico

Sempre há mistérios nos dias que antecedem um clássico. Para o Gre-Nal do próximo domingo, no Beira-Rio, o técnico Silas fechou o treino do Grêmio na manhã desta quarta e assim será à tarde novamente. Ao final do trabalho, o zagueiro Rafael Marques falou em entrevista coletiva, sem fazer revelações. Mas fez questão de relatar que o grupo está bastante concentrado.

– Estão todos preparados, todos os jogadores que estão aqui estão loucos para jogar esse Gre-Nal – destacou.

Silas reforçou o sistema defensivo para proteger mais a equipe mudando para o esquema 3-5-2, e gostou do que viu em campo. A tendência é seguir nesta formação para o Gre-Nal, mas a questão ainda está em aberto. Surpresas não estão descartadas, como a presença do meia Souza, que já treina normalmente e participaria do coletivo nesta quarta.

– Ele está treinando bem, a cada dia ele vem evoluindo. Tenho certeza que quando ele voltar vai ajudar bastante – comentou o zagueiro.

O trabalho da manhã, segundo Rafael Marques, foi para ajustar alguns detalhes. Foi a única pista que ele deu na entrevista.

– Em função do treino fechado, a gente procurou acertar alguns detalhes, e a hora que o prrofessor puder falar ele vai dizer o que pensa – despistou.

Grêmio treina com três zagueiros para o clássico

Esquema é o preferido dos jogadores do Tricolor

O técnico Silas deu sinal, no treino desta terça-feira, de que manterá o esquema 3-5-2 no Gre-Nal de domingo.

O esquema é o preferido dos jogadores. Eles sugeriram ao chefe sua utilização, para reforçar o sistema defensivo. Apesar de o time ter tomado dois gols, domingo, no empate com o Cruzeiro, Silas aprovou a fórmula.

radio l! Técnico Silas arruma equipe para o Gre-Nal

No trabalho tático desta terça, os meias Maylson e Hugo foram mantidos nas alas. Foi um indicativo forte de que o 4-4-2 foi colocado de lado, em favor da estrutura com três zagueiros. O técnico tinha à disposição o lateral-direito Edilson, recuperado de um problema de unha encravada, e dois laterais-esquerdos, Neuton, que cumpriu suspensão, e Fábio Santos, disponível após lesão muscular. Mas os manteve à parte.

No treino, Silas orientou movimentos defensivos, buscando aprimorar o entrosamento do trio de zagueiros – Ozéia, Rodrigo e Rafael Marques. Fixo à frente deles, atuou Ferdinando, que já substituíra o lesionado Rochemback durante o jogo contra o Cruzeiro.

A tendência é que o Grêmio vá para o clássico de domingo, no Beira-Rio, com: Victor; Ozeia, Rodrigo e Rafael Marques; Maylson, Ferdinando (Rochemback), Adilson, Douglas e Hugo; Jonas e Borges.

Grêmio tenta manter fichas limpas de Jonas e Rafael Marques no STJD

Mesmo com suspensões já cumpridas, clube quer absolvições no Pleno do tribunal para manter os jogadores primários nos próximos julgamentos

O atacante Jonas e o zagueiro Rafael Marques foram suspensos antes da Copa pela Segunda Comissão Disciplinar do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) e mesmo depois das punições, o departamento jurídico do Grêmio tenta recurso no Pleno para manter os jogadores primários em próximos julgamentos. A sessão está marcada para esta quinta-feira, dia 29 de julho, a partir das 13h30min. As informações são do site Justiça Desportiva.

A intenção com este recurso é limpar as fichas dos atletas para que isso possa ser usado como estratégia de defesa em futuros julgamentos.

Jonas e Rafael Marques foram suspensos por duas partidas na sessão da Segunda Comissão Disciplinar realizada no dia 1º de junho. Jonas se envolveu em atrito com Edu Dracena, do Santos. De acordo com a súmula, o atacante recebeu um tapa na nuca e revidou com outro (assista ao imbróglio no vídeo). Denunciado por agressão física – artigo 254-A do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD) –, o jogador acabou tendo a denúncia desclassificada para ato hostil – artigo 250 – no momento do julgamento.

Já Rafael Marques respondeu por jogada violenta – artigo 254 – e também teve a denúncia desclassificada para o 250. Os dois jogadores tinham sido expulsos na partida de volta da semifinal da Copa do Brasil, quando o Tricolor foi eliminado na Vila Belmiro com derrota por 3 a 1. Eles cumpriram as suspensões nas partidas contra Atlético-MG e São Paulo, ambas pelo Campeonato Brasileiro.

Grêmio volta atrás e promete punir brigões

Rodrigo e Jonas se desentenderam após empate

A repercussão da briga entre Jonas e Rodrigo foi tão forte, que o Grêmio resolveu punir os dois jogadores. Segundo o vice-presidente de futebol Luiz Onofre Meira, os dois infringiram o regulamento interno, e por isso receberão advertência e multa.

O atacante e o zagueiro se desentenderam depois do empate em 2 a 2 com o Cruzeiro, domingo, na Arena do Jacaré. Ao falar sobre o caso, o presidente Duda Kroeff disse que se tratava de um episódio normal e que não haveria punição.

No desembarque em Porto Alegre, na noite de domingo, Jonas e Rodrigo desmentiram que tivessem brigado.

Segundo informação de Meira à Rádio Gaúcha, o regulamento interno prevê advertência e multa até para casos de bate-boca, o que, segundo ele, foi o que aconteceu em Sete Lagoas.

Para Victor, convocação afasta trauma de não ser chamado para Copa

Goleiro admite mágoa por não ter sido chamado por Dunga e diz que vai tentar se firmar na Seleção Brasileira de Mano Menezes

A primeira convocação de Mano Menezes como técnico da Seleção Brasileira, nesta segunda-feira, serviu, entre outras coisas, para espantar o trauma do goleiro Victor. O camisa número 1 do Grêmio afirmou que ficou muito chateado por não ter ido à última Copa do Mundo, mas se disse muito feliz e confiante com o chamado do novo comandante.

– Estou muito feliz, muito feliz mesmo. Acho que a convocação da Copa tinha sido meio traumática, foi uma situação que me chateou bastante, mas agora é um projeto novo, tudo novo. Fico feliz por poder estar iniciando com o Mano nessa nova era e vou tentar me firmar como goleiro da Seleção – declarou.

Victor disse que, desta vez, não criou tanta expectativa pela convocação, mas não deixou de acompanhar nome por nome a lista divulgada por Mano Menezes esta tarde. Segundo o goleiro, quando saiu seu nome, lá no fim – já que começa com V, e a leitura foi feita em ordem alfabética – o vestiário gremista vibrou como se tivesse sido marcado um gol.

– Eu estava fazendo o trabalho pós-jogo e acompanhando, e foi em ordem alfabética, o que me torturou um pouco. Até falei para a minha mãe que ela poderia ter colocado meu nome de Abraão, algo assim (risos). Mas foi legal. Eu até achei que ele iria convocar só dois goleiros, então depois que ele falou Jefferson e Renan, achei que eu estava fora. Quando ele falou meu nome, a vibração no vestiário foi como se fosse uma comemoração de gol do Grêmio – contou.

O goleiro não esconde que o fato de não ter sido convocado para a Copa pode ter afetado o desempenho dele dentro de campo.

– Pode ter atrapalhado no início, se criou uma expectativa muito grande. Quando não é convocado, fica um aborrecimento, mas procurei trabalhar em cima disso, fazer com que não afetasse. Alguma coisa acaba levando para dentro do campo, mas tem que cuidar para não atrapalhar – destacou.

O primeiro amistoso da Seleção Brasileira de Mano Menezes será dia 10 de agosto, nos Estados Unidos, contra a seleção do país.

Victor ainda pensa em voltar à Seleção

Goleiro do Grêmio admite que errou contra o Vasco

Em uma partida marcada pela forte chuva, o Grêmio só ficou no empate por 1 a 1 com o Vasco, nesta quarta-feira, no Olímpico. O goleiro Victor admitiu que falhou no gol da equipe carioca. Mesmo com uma temporada abaixo da média, ele ainda espera ser convocado para a Seleção Brasileira.

Logo no início do jogo contra o Vasco, Carlinhos cruzou na área e Nunes desviou de cabeça. A bola ainda desviou em Ozeia, antes de passar por debaixo dos braços de Victor. Para o goleiro gremista, o gol poderia ter sido evitado.

– Não temos que ficar justificando, mas não só eu como todo o mundo foi traído pela chuva. A bola era defensável, mas em um campo ‘normal’ daria um quique diferente. Ela amorteceu na poça d’água e pegou velocidade – revelou Victor.

Mesmo tendo sido descartado por Dunga para a Copa do Mundo deste ano, o camisa 1 do Grêmio, com 27 anos, acredita ter chances de disputar o Mundial de 2014, que será realizado aqui no Brasil.

– A expectativa é a mesma que eu vivi pela convocação para a Copa do Mundo. Vou procurar seguir fazendo meu trabalho, tenho feito bons jogos e isso é o que pode me levar para a Seleção. O que vai me levar até a seleção são bons jogos e títulos – concluiu.

Silas não confirma, mas dá indícios de troca de esquema contra Cruzeiro

Treinador revela que já teve boas referências de Hugo na ala

O meia Hugo foi testado na ala esquerda no treino desta sexta-feira e pode aparecer na função diante do Cruzeiro, domingo, 16h, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas. Sem Neuton e Fábio Santos, a outra opção seria a entrada do garoto Denner na partida que vale pela 11ª rodada do Brasileirão. O técnico Silas não confirmou a improvisação do jogador que veio do São Paulo, mas disse ter boas referências quando viu o atleta atuando por ali.

– É uma ideia. É um treinamento que estamos fazendo. Aparentemente o Cruzeiro está sem Wellington Paulista e Gilberto. Estamos treinando essa possibilidade, e chegando a um acordo podemos usar essa situação. O Hugo já trabalhou ali comigo e quando trabalhou foi muito bem – disse Silas.

A entrada de Hugo na ala esquerda acarretaria em uma mudança de esquema na equipe gremista, que passaria a atuar com três zagueiros.

– Não vejo problema nenhum. Quando vemos algum tipo de insegurança em algum setor, não vemos por que não usar variações que já utilizamos. No Maracanã, tirei Leandro e (Willian) Magrão no intervalo, coloquei Rafael Marques e Rochemback. Naquele jogo, o Hugo atuou na ala no segundo tempo e foi muito bem ali. Ganhamos o jogo até com certa tranquilidade, sofrendo gol por erro nosso.

O experiente Rodrigo deve ser confirmado como líbero. Ozeia e Rafael Marques serão os outros jogadores de defesa.

– O Rodrigo jogou no São Paulo como líbero. Em algumas posições preciso de alguém que já fez. Preciso de um cara rápido ali, o Rodrigo, e dois que marquem. Não tem mistério, não tem dificuldade – afirmou o treinador.

A equipe contra o Cruzeiro deve ter, no 3-5-2: Victor; Ozeia, Rodrigo e Rafael Marques; Edilson, Adilson, Fabio Rochemback, Maylson e Hugo; Jonas e Borges.

Grêmio sem lateral pode mudar esquema tático

Silas pode optar por formação com três zagueiros

O técnico Silas pode recorrer ao esquema tático 3-5-2 para enfrentar o Cruzeiro, domingo, na Arena do Jacaré. O Grêmio poderá entrar com três zagueiros e o meia Hugo improvisado na ala-esquerda.

É que Neuton cumprirá suspensão e os outros laterais – Fábio Santos, Lúcio, Uendel – estão no departamento médico.

– É possível que eu recorra a isso – admitiu Silas.

Na última vez que ele usou o 3-5-2 – no primeiro tempo do jogo contra o Santos, pela semifinal da Copa do Brasil –, o resultado foi desastroso: Hugo não marcou, o Grêmio tomou dois gols e o ataque não funcionou. O rendimento só melhorou quando o time voltou ao 4-4-2 na segunda etapa, tanto que acabou vencendo por 4 a 3.

A outra alternativa é manter o atual esquema tático e improvisar um jogador na lateral-esquerda. Pode ser o volante Fernando, que foi lateral-direito contra o Vasco.

Para a partida em Sete Lagoas, o treinador terá de volta três titulares que cumpriram suspensão: o lateral-direito Edilson, o zagueiro Rodrigo e o meia Douglas.

Victor diz que Grêmio recuperou a pegada e pode superar o Cruzeiro

Goleiro reconheceu que foi traído pelo péssimo estado do gramado na partida contra o Vasco

Mesmo após o tropeço dentro de casa contra o Vasco, nesta quarta-feira, o goleiro Victor conseguiu fazer uma avaliação positiva da partida. O placar de 1 a 1 manteve o Tricolor na zona de rebaixamento do Brasileirão, em 17º lugar, mas, segundo ele, a falta de atitude nos jogos contra Vitória e Grêmio Prudente ficou para trás. Debaixo de uma forte chuva, que deixou o gramado do estádio Olímpico completamente alagado, os jogadores demonstraram raça e uma nova atitude.

– Os dois jogos anteriores serviram de alerta, conversamos bastante. Precisávamos mudar e essas mudanças já foram visíveis contra o Vasco – disse o camisa 1.

Em condições normais, o capitão tricolor afirma que o Grêmio sairia com a vitória sobre os cariocas. Mas o gramado pesado não permitiu que a bola rolasse em Porto Alegre. Com os pontos perdidos dentro de casa, o objetivo passa a ser a recuperação contra o Cruzeiro, no próximo domingo, em Minas Gerais.

– Comentávamos antes do treino que se o campo nos desse melhores condições, a vitória viria. Criamos oportunidades mesmo naquelas condições. Tenho certeza que no domingo, aliado a esse empenho, nossa equipe vai conseguir fazer melhor – frisou.

No gol do Vasco, Victor admitiu que foi traído pelo péssimo estado do gramado.

– Não temos que ficar justificando. Não só eu, como todo mundo foi traído. Aquela bola é defensável, mas bateu na poça, correu. Fui traído em outros lances. Fazer análise técnica é impossível – comentou.

Como o Mineirão está fechado para reformas para a Copa de 2014, o jogo contra o Cruzeiro será realizado em Sete Lagoas, no interior. Victor não conhece o palco onde será realizada a partida, mas sabe bem da força do adversário.

– Não conheço, mas parece que oferece boas condições. Em relação ao Cruzeiro, parece uma equipe rápida, com toque de bola. O que puder ser feito para diminuir a posse de bola deles, melhor – analisou.

Debaixo d’água, Grêmio e Vasco empatam no Sul e seguem no Z-4

Após primeiro tempo movimentado, equipes têm dificuldade de atuar na etapa final. Árbitro ignora pênalti a favor dos gaúchos no fim da partida

Debaixo de um forte temporal que castigou Porto Alegre na noite desta quarta-feira, Grêmio e Vasco empataram por 1 a 1, no Olímpico, pela décima rodada do Campeonato Brasileiro. O resultado manteve as duas equipes na zona de rebaixamento. Enquanto os cariocas continuam em ascensão após a pausa para a Copa do Mundo – dois empates e uma vitória – os gaúchos seguem sem vencer após a retomada da competição. No fim do jogo, Borges teve a chance de dar a vitória aos donos da casa, mas Titi, dentro da área, cortou a bola com o braço. O árbitro Heber Roberto Lopes ignorou a penalidade.

O resultado deu mais confiança ao Vasco para a sequência do Campeonato Brasileiro. No Grêmio, o técnico Silas está ameçado por conta da campanha irregular.

Com o empate, o Vasco chegou aos dez pontos e permaneceu na 18ª colocação. O Grêmio tem o mesmo número e está  uma posição acima. Os gaúchos ganham dos cariocas no saldo de gols (-3 a -5). Na próxima rodada, o Gigante da Colina vai enfrentar o Atlético-GO, no sábado, às 18h30m, em São Januário. O Tricolor pega o Cruzeiro, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas, no domingo, às 16h.

Cariocas abrem o marcador, mas Tricolor deixa tudo igual dois minutos depois

//

Debaixo de forte temporal, as duas equipes fizeram o possível para tentar chegar ao ataque. E o primeiro tempo foi movimentado. Logo aos cinco minutos, Carlinhos cobrou falta da esquerda, Nunes subiu mais do que os adversários e cabeceou para o gol. A bola parou em uma poça na pequena área. No  lance seguinte, também em uma bola parada, o centroavante vascaíno aproveitou cruzamento na área para roçar de cabeça e colocar o Vasco em vantagem.

Não demorou para o Grêmio empatar a partida. Aos oito, Borges recebeu pelo lado esquerdo, tocou para Maylson, que rolou para Jonas na entrada da área. O atacante percebeu Fernando Prass um pouco adiatando e chutou colocado para igualar o marcador no Olímpico. Um minutos depois, após bobeada de Victor, que não saiu gol, Nilton quase marcou. O volante driblou o goleiro e chutou na rede pelo lado de fora.

E para quem achava que o jogo seria arrastado por conta do temporal se enganou. Aos dez, Hugo cruzou da esquerda e Jonas, dentro da pequena área, errou a conclusão por muito pouco. Dois minutos depois, Jonathan foi lançado, ganhou de um adversário e dividiu com o goleiro Victor. Na sobra, o apoiador tentou encobrir o camisa 1 tricolor, mas errou o alvo.

O Vasco teve a chance mais clara de ficar à frente do marcador aos 20. Jonathan cruzou para Fumagalli dentro da área. O meia dominou com o pé direito e chutou de primeira com a canhota. A bola explodiu no travessão do Grêmio. Um minuto depois, Borges passou por Titi, invadiu a área e finalizou por cima do gol de Prass.

Os donos da casa ainda tiveram uma ótima chance aos 40. Adilson chutou de fora da área e Fernando Prass defendeu em dois tempos. Apesar do temporal, os dois times mostraram qualidade para atuar debaixo d’água.

Temporal piora, e equipes não consegue bom rendimento na etapa final

//

O Vasco foi quem teve a primeira chance de desempatar a partida no segundo tempo. Aos sete, Jonathan recebeu ótimo lançamento, tentou driblar Victor, mas o goleiro deu um tapinha na bola para evitar o gol dos cariocas. A partir do lance vascaíno, o campo ficou carregado, cheio de poças visíveis e que dificultavam as ações dos jogadores de ambas as equipes. Era difícil das sequências às jogadas.

O Grêmio voltou a assustar aos 18. Fábio Rochemback bateu falta da direita na cabeça de Borges. O atacante subiu mais do que Dedé, mas errou o alvo. A bola passou por cima do gol de Fernando Prass. O Vasco assustou os donos da casa em  uma cobrança de falta de Léo Gago, aos 22. O volante chutou e a bola passou à direita de Victor.

A partida caiu muito de produção. As duas equipes tentavam chegar ao gol com chutões. E foi o Grêmio quem teve uma oportunidade clara de marcar. Aos 29, Maylson recebeu ótimo passe de Borges dentro da área. O jogador demorou a finalizar e a defesa do Vasco afastou o perigo.

Aos 43, Borges aproveitou bobeada da defesa do Vasco, driblou Fernando Prass e soltou a bomba. Na corrida, o zagueiro Titi, dentro da área, cortou a bola com o braço e evitou o gol da derrota vascaína. O árbitro Heber Roberto Lopes ignorou a penalidade (veja o lance no vídeo acima). No fim da partida, os torcedores gaúchos pediram a saída de Silas: “Adeus, Silas!”

GRÊMIO 1 X 1 VASCO
Victor; Fernando (Saimon), Ozeia, Rafael Marques e Neuton; Adilson, Fábio Rochemback, Maylson (André Lima) e Hugo (William Magrão); Jonas e Borges. Fernando Prass, Fágner (Jumar), Dedé, Titi e Carlinhos; Nilton, Rafael Carioca, Rômulo e Fumagalli (Léo Gago); Jonathan (Elton) e Nunes
Técnico: Silas Técnico: Paulo César Gusmão
Gols: Nunes, aos seis minutos, Jonas, aos oito minutos do primeiro tempo
Cartões amarelos: Fernando, Neuton (Grêmio); Nunes (Vasco)
Árbitro: Heber Roberto Lopes (PR-Fifa)
Auxiliares: Gilson Bento Coutinho (PR) e José Amilton Pontarolo (PR)
Local: Olímpico, Porto Alegre (RS).

Borges pede apoio da torcida para superar mau momento no Grêmio

Atacante afirma que o grupo está comprometido com o clube

Desde a derrota para o Grêmio Prudente, que colocou o Grêmio na zona de rebaixamento do Brasileirão, em 17º lugar, muitas conversas ocorreram em busca do diagnóstico para a má fase da equipe. Nesta terça-feira, durante a reapresentação do grupo para o jogo contra o Vasco, mais uma reunião entre dirigentes, comissão técnica e atletas foi realizada.

O atacante Borges não entrou em detalhes, mas garante que todos os jogadores estão comprometidos com o futuro do clube e pede o apoio da torcida tricolor no jogo que começa às 21h50m desta quarta-feira, no Olímpico, pela décima rodada.

– Conversas existem sempre. Tudo o que acontece aqui é muito interno, não temos que expor. Pedimos que, nesse momento, a torcida venha apoiar o time. Eles nunca nos abandonaram e contra o Vasco podem nos ajudar de novo – disse Borges.

Sobre a situação do técnico Silas, que pode ser demitido caso a equipe não obtenha uma vitória diante dos cariocas, o goleador disse que o elenco não se preocupa com isso.

– Não podemos trabalhar com hipóteses. Se acontecer, se não acontecer… até amanhã muita coisa pode acontecer e dentro do grupo não foi falado de situação de A ou B sair. O importante é que temos um jogo e precisamos do apoio para dar a volta por cima. O pacto não teve. A pressão é em cima de todos os jogadores, o trabalho é em conjunto. Nós temos qualidade, conquistamos títulos e almejamos é buscar mais títulos, não ficar na parte de baixo da tabela – afirmou.

Suspensos pelo terceiro cartão amarelo, Edilson, Rodrigo e Douglas não enfrentam o Vasco. Fernando entra na lateral direita. Ozeia será o zagueiro ao lado de Rafael Marques, que não treinou nesta terça-feira, mas joga. Maylson entra no meio.

A equipe começa diante do Vasco com: Victor, Fernando, Ozeia, Rafael Marques e Neuton; Adilson, Fabio Rochemback, Maylson e Hugo; Jonas e Borges.

Dirigente do Grêmio cobra empenho do time

Futuro do técnico Silas no clube depende de bom resultado na partida de quarta contra o Vasco

O vice-presidente de futebol do Grêmio, Luiz Onofre Meira, voltou a afirmar nesta segunda-feira que o jogo contra o Vasco, quarta-feira, no Olímpico, definirá o futuro do técnico Silas. Não apenas isso. Ele cobrou mais empenho da equipe:

– O Grêmio não pode perder por se empenhar menos do que o adversário. A mudança de atitude é fundamental – cobrou o dirigente em entrevistas a rádios de Porto Alegre.

Na véspera, indignado com a apatia da equipe na derrota de 2 a 0 para o Grêmio Prudente, Meira dera um ultimato não apenas ao técnico Silas.

– Quarta-feira, vamos ver quem é digno de vestir a camisa do Grêmio – declarou o dirigente.

Prudente x Grêmio: ingressos à venda

Jogo válido pela nona rodada do Brasileirão será domingo, no Prudentão

Os ingressos para a partida que marcará o reencontro do Grêmio Prudente com a torcida, contra o Grêmio, neste domingo, às 18h30m, no Prudentão, já estão à venda. O jogo é válido pela nona rodada do Campeonato Brasileiro. Ao todo, são 19 pontos de venda à disposição dos torcedores.

O preço dos bilhetes varia de R$ 10 a R$ 80. A arquibancada azul, reservada para a torcida visitante, sai por R$ 20.

Confira abaixo a relação dos postos de venda:

*Estadio Eduardo Jose Farah (Prudentão):Av. Pres. Juscelino Kubitschek, s/n somente no dia do Jogo a partir das 10:00 até o inicio do intervalo da partida.

*SEMEPP Pres. Prudente: Av. 11 de Maio, 2100 – Jardim Marupiara das 09:00 às 16:00.

*Auto Posto Prudentão III Ltda: Av Manoel Goulart, 4000 – Jardim Monte Alto

*Posto Zap de Presidente Prudente: Av. Joaquim Constantino,1794- Jardim Cambuy

*Tancredo Posto de Serviço: Av. Tancredo Neves,50 – Vila Brasil

*Posto Lider de Presidente Prudente: Av. Tancredo Neves, 969 – São Pedro

*Posto Everest I: Av. Ana Jacinta, 2344 – Jardim Everest

*Posto Brasil de Presidente Prudente: Rua José Tarifa Conde, 1124-B – Jardim Estoril

*Posto Apeano : Av. Cel José Soares Marcondes, 764 – Presidente Prudente

*ZV Posto de Serviço : Rua Alvino Gomes Teixeira, 2749 – Pq Jabaquara.

*Pernambucanas : Calçadão, 223- Centro.

*Ferron Esportes – Shopping Americana

*Planet Shoes – Prudente Parque Shopping (Prudenshopping)

*Jogos & Cia – Av. Manoel Goulart,3304

*Copagás – Rua José Claro *Posto Eldorado – Salim farah Maluf

*Posto Cohab – Av. Ana Jacinta

*Posto Itatiaia

*Casa do Advogado – Parque do Povo

As informações são do site oficial do clube.

Maylson: ‘Temos que buscar pontos fora para não complicar mais’

Próximo adversário é o Grêmio Prudente, no interior de São Paulo

O Grêmio tem mais um jogo fora de casa para tentar recuperar a imagem de que a equipe não vence longe do Olímpico. Situação que incomodou o clube em 2009, sob o comando do técnico Paulo Autuori. O próximo adversário será o Prudente, no interior de São Paulo. No Brasileirão deste ano já foram quatro partidas fora, com dois empates e duas derrotas.

– Com certeza não vai acontecer mais, domingo vai ser diferente. Temos que ir lá para ganhar. Não ganhamos em casa, e temos que buscar pontos fora para não complicar mais, já nos distanciamos muito dos líderes – projetou Maylson.

O jogador entrou no lugar de Leandro, lesionado, diante do Vitória, no empate em 1 a 1 no Olímpico nesta última quarta. Resultado que preocupou e aumentou as cobranças.

– Sempre vão cobrar, ainda mais por ter jogado mal em casa, sem vencer. A gente entende e também se cobra entre a gente para melhorar mais – comentou.

A direção do Grêmio planeja vencer ao menos oito jogos fora neste Brasileirão e fazer uma campanha boa em casa para ficar entre os primeiros.

– Nem passa pela nossa cabeça sair com resultado negativo de lá (Prudente), nem um empate. A gente tem conversado bastante, a má fase e a desconfiança vão passar – disse Maylson.

O jogador admite a má fase da equipe, mas avisa que o grupo tem consciência de que precisa inverter a situação.

– Está ruim. Pela grandeza do Grêmio, tínhamos que estar lá em cima na tabela. Temos consciência que temos que melhorar muito – resumiu.

Silas quer culpas divididas no Grêmio

Técnico não se acha único culpado por momento

Pressionado por todos os lados, o técnico Silas disse nesta sexta-feira que não se sente o único culpado pelo mau momento do Grêmio.

– Se o atacante perde o gol, não sou eu que devo ser cobrado. Aqui as responsabilidades são divididas. Mas no Brasil é assim, tudo é culpa do treinador – desabafou o técnico já em Presidente Prudente, onde seu time enfrentará o Grêmio Prudente local às 18,30h de domingo.

As pressões sobre o técnico se intensificaram a partir do empate em 1 a 1 com o Vitória, quarta-feira, no Olímpico. Silas se disse pouco preocupado com as queixas externas, e que seu ‘amigo Meira’ (referindo-se ao vice de futebol, Luiz Onofre Meira) o chamará e dirá que não é mais possível continuar, se for esse o caso.

– Tive vários desfalques, e não falei sobre eles depois do jogo. Outros fariam isso, mas eu fiquei na minha – disse Silas, que, no entanto, passou a enumerar os jogadores com os quais não pôde contar quarta-feira.

Apesar de tudo, o técnico confia na volta do bom futebol do primeiro semestre já neste domingo, contra o Grêmio Prudente. O Tricolor foi campeão gaúcho, com vitória sobre o Inter no Beira-Rio, e fez ótima campanha na Copa do Brasil, só parando diante do Santos, na semifinal. Nesta rodada, ele já contará com os meio-campistas Rochemback e Douglas, desfalques contra o Vitória – e esses retornos, segundo o técnico, influirão no desempenho de todos os setores.

Grêmio empata com o Vitória

Rubro-Negro sai na frente, mas é castigado com gol contra. Tricolor gaúcho não joga bem

Foi um gol contra do Vitória que impediu o Grêmio de reestrear com derrota no Brasileirão. A equipe gaúcha, que não jogou bem, empatou em 1 a 1 com os baianos, nesta quarta-feira, no Olímpico, na congelante Porto Alegre.

Os poucos torcedores que enfrentaram a noite fria e foram ao Olímpico viram o time do Grêmio muito apressado na primeira etapa, concentrando o jogo pelo meio de campo e sendo pouco efetivo no ataque.

A bomba de Edílson – Borges quase marcou no rebote do goleiro Viafara -, a conclusão torta do camisa 9 após carregar a bola por todo o meio de campo e o gol perdido por Hugo após cruzamento de Maylson foram os únicos lances de perigo do Tricolor gaúcho na etapa inicial.

Veja os gols do empate entre Grêmio e Vitória

Assim, mesmo com mais posse de bola, o time do técnico Silas não fazia bom jogo e ainda perdeu Leandro, machucado, aos 22 minutos. Sofrendo com o frio intenso, o Vitória abriu o placar. Após cobrança de falta de Ramon, o volante Adilson errou o tempo de bola e o zagueiro Wallace dominou no peito para carimbar a rede.

Percebendo com o início da segunda etapa que o jogo do Grêmio não mudaria, Silas optou por arriscar e mudar o esquema. Assim, trocou o volante Willian Magrão pelo atacante André Lima. A mudança logo surtiu efeito.

Em triangulação, André Lima/Borges/Jonas, o camisa 7 (Jonas), na entrada da área, teve a chance do empate, mas chutou muito torto, cedendo apenas o tiro de meta. O Vitória aproveitou os contra-ataques e quase marcou com Nino.

Aliás, o Vitória marcou mais um gol. Mas contra. Jonas levantou a bola na área, ela foi desviada dentro da área e cairia perto de Borges se Egídio não estivesse na frente. A bola bateu na coxa do lateral-esquerdo e entrou.

Mais ofensivo, o Grêmio até criou oportunidades, mas parecia enrolado em campo. O Vitória foi eficiente ao segurar o empate e não deu trabalho ao goleiro Victor. Silas vai ter trabalho nas próximas rodadas. O Vitória tem time arrumado.

FICHA TÉCNICA

GRÊMIO 1 X 1 VITÓRIA

Local: Olímpico, em Porto Alegre (RS)
Data/Hora: 14/7/2010 – 19h30 (de Brasília)
Árbitro: André Luiz de Freitas Castro (GO)
Cartões amarelos: Ramon, Fernando, Viáfara (VIT); Neuton, Hugo, William Magrão, Jonas (GRE)
Cartões vermelhos: –

GOLS: Wallace 33’/1T (0-1), Egídio 30’/2T (contra – 1-1)

GRÊMIO: Victor, Edilson, Rafael Marques, Rodrigo e Neuton; Adilson, Willian Magrão (André Lima, 16’/2T), Leandro (Maylson, 22’/1T) e Hugo; Jonas e Borges. Técnico: Silas

VITÓRIA: Viáfara, Nino, Anderson Martins, Wallace e Egídio (Rafael Cruz, 33’/2T); Vanderson, Ricardo Conceição, Fernando (Vilson, 26’/2T) e Ramon (Soares, 37’/2T); Elkeson e Schwenck. Técnico: Ricardo Silva.

Grêmio aposta em dupla afinada contra o Vitória

Equipes se enfrentam nesta quarta-feira no Olímpico

A chance para a recuperação do Grêmio no Campeonato Brasileiro será nesta quarta-feira, contra o Vitória, às 19h30, no Olímpico. Para encarar os baianos, finalistas da Copa do Brasil, a equipe gaúcha terá uma das melhores duplas de ataque da Série A: Jonas e Borges.

Outro trunfo é a presença do meia Douglas. Quando o trio esteve em campo este ano, o desempenho quase sempre convenceu. Um exemplo foi a partida contra o Vasco, pela Copa da Hora, em Florianópolis. Esse foi o único jogo durante o recesso por conta do Mundial em que os dois atuaram, e o Tricolor Gaúcho ganhou de 3 a 0.

O problema desta vez será na defesa. O zagueiro Mário Fernandes foi afastado para operar o ombro direito e ficará três meses sem atuar.

Com os mesmos oito pontos que o Grêmio na Série A, o Vitória acredita ter aproveitado bem a pausa.

– O recesso da Copa do Mundo foi benéfico para podermos dar alguns ajustes ao time – afirmou o técnico Ricardo Silva.

FICHA TÉCNICA:
GRÊMIO X VITÓRIA

Local: Olímpico, em Porto Alegre (RS)
Data/Hora: 14/7/2010 – 19h30 (de Brasília)
Árbitro: André Luiz de Freitas Castro (GO)

GRÊMIO: Victor, Edilson, Rafael Marques, Rodrigo e Fábio Santos (Neuton); Adilson, Willian Magrão, Leandro e Douglas;
Jonas e Borges. Técnico?: Silas

VITÓRIA: Viáfara, Nino, Anderson Martins, Wallace e Egídio;
Vanderson, Ricardo Conceição, Fernando e Ramon; Elkeson e
Schwenck. Técnico: Ricardo Silva.

Conmebol divulga a data dos jogos dos brasileiros na Sul-Americana

Competição começará dia 3 de agosto e contará com 39 equipes

A Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) divulgou nesta quarta feira as datas e os horários dos confrontos da primeira fase da 9ª edição da Copa Sul-Americana. O futebol brasileiro será representado por oito equipes: Atlético-MG, Grêmio Prudente, Goiás, Grêmio, Avaí, Santos, Vitória e Palmeiras. A estreia será no dia 3 de agosto com a partida entre Defensor Sporting (URU) e Olímpia (PAR).

As associações nacionais de Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela têm cada uma três participantes e não mais por convite. A Copa Sul-Americana deste ano terá um tempero a mais. A Conmebol confirmou que o vencedor garantirá uma vaga na Taça Libertadores de 2011.

Confira os jogos dos times brasileiros:

Data Hora Partida
04/08 19h Grêmio Prudente x Atlético Mineiro
05/08 19h30m Goiás x Grêmio
11/08 21h50 Vitória x Palmeiras
12/08 21h50 Santos x Avaí
//
// Partidas de volta
11/08 21h50m Atlético Mineiro x Grêmio Prudente
12/08 19h30m Grêmio x Goiás
18/08 21h50m Avaí x Santos
19/08 21h50 Palmeiras x Vitória

Mário Fernandes vai passar por cirurgia no ombro direito

Zagueiro voltou a sentir dores e deve ser operado nesta semana. Rafael Marques ganha nova chance

O jovem zagueiro Mário Fernandes voltou a sentir dores no ombro direito na última segunda-feira e terá que passar por uma cirurgia no local ainda nesta semana.

– Apesar da intensa fisioterapia que ele se submeteu, ele tem mostrado uma certa insegurança e acha que isso afeta seu desempenho. Por isso optamos pela cirurgia – explicou o médico gremista Márcio Bolzoni.

Sem Mário Fernandes, que havia formado uma boa dupla de zaga com Rodrigo, quem ganha nova chance é o zagueiro Rafael Marques, que quase se transferiu para o Cruzeiro nos últimos dias.

– Respeito o Silas, ele tem um caráter muito grande, conversa olho no olho. Tive vontade de sair, de ter mais oportunidades, mas o Silas disse que queria ainda me aproveitar no time. Tive paciência, conversei com ele, e foi o que aconteceu – disse Rafael Marques.

A previsão para a recuperação de Mário Fernandes, que pode ficar fora de 21 rodadas do Campeonato Brasileiro, é de aproximadamente três meses.

– Estamos jogando um prazo mais para frente, para dar tranquilidade ao jogador. Este prazo pode ser encurtado. O que nos preocupa é a cicatrização da lesão – disse Márcio Bolzoni à Rádio Gaúcha.

Perto de renovar com o Grêmio, Rafael Marques mira título nacional

Zagueiro, que recebeu garantias de que será aproveitado pelo técnico Silas, diz que conseguir vaga na Taça Libertadores será consequencia

Em 12º lugar no Brasileirão após a sétima rodada antes da parada para a Copa do Mundo, o Grêmio pretende voltar com tudo a partir de quarta e subir na tabela. Tanto direção, como comissão técnica e também jogadores almejam o objetivo maior, que é o título. Rafael Marques é um dos que pensam assim.

– Silas teve tempo para trabalhar, testou várias formações, tem opções, e o grupo está forte. O grupo que entrar em campo vai dar conta do recado, nós temos plenas condições de chegar ao título, a Libertadores é consequência – declarou Rafael Marques.

O zagueiro, que vai assumir a titularidade até que Mário Fernandes se recupere da cirurgia que terá que passar para curar as dores que sente no ombro direito, pretende ganhar sequência para mostrar ao técnico Silas as suas condições de vestir a camisa do clube.

– São mais cinco meses de Brasileirão e eu vou aproveitar o tempo que tiver da melhor maneira possível – garantiu o jogador.

Com propostas de outros clubes para deixar o Grêmio, inclusive um assédio muito forte do Cruzeiro, Rafael Marques apostou na confiança do treinador para seguir.

– Eu tive vontade de sair, de ter mais oportunidades, mas o Silas disse que queria ainda me aproveitar no time. Eu tive paciência, conversei com ele, e foi o que aconteceu – afirmou.

Ainda nesta semana, ele deve renovar por três anos com o Grêmio.

Dirigente gremista diz que Cruzeiro perde tempo por Rafael Marques

Clube mineiro insiste na contratação do zagueiro tricolor

O Cruzeiro anuncia que virá na semana que vem a Porto Alegre para conversar diretamente com os dirigentes do Grêmio e tentar levar Rafael Marques para Belo Horizonte. No entanto, o assessor de futebol gremista, Alberto Guerra, acha melhor que os mineiros nem percam o tempo vindo até o Rio Grande do Sul.

– Qualquer jogador é negociável. Mas não é interesse do Grêmio se desfazer de qualquer atleta. Jamais chegou alguma proposta definitiva por este jogador. Se o representante do Cruzeiro vier a Porto Alegre, vai perder o tempo dele – avisou Alberto Guerra.

Como o vínculo de Rafael Marques termina no final da temporada, ele já pode assinar um pré-contrato com outro clube e sair de graça no final da temporada. O mesmo acontece com o lateral-esquerdo Fábio Santos, que interessa ao futebol italiano.

Para o dirigente tricolor, o período de preparação para o recomeço do Brasileirão foi muito importante para que o grupo novamente ficasse completo, já que muitos atletas estavam lesionados. O clube ainda procura por reforços, mas a dificuldade é grande:

– Não é novidade que a gente busca um jogador de velocidade. Agora, não vamos trazer qualquer jogador a qualquer custo. Se encontrarmos este jogador, que se encaixe no perfil, vamos trazer – salientou.

Grêmio acerta a contratação do zagueiro Patrick Borges

Jogador, de apenas 17 anos, se destacou atuando no Pelotas

O Grêmio acertou a contratação do zagueiro Patrick Borges, que disputou o Campeonato Gaúcho pelo Pelotas. O jogador, de apenas 17 anos, chegou à equipe profissional do time do interior em 2009, após ter sido destaque da equipe no Estadual de Juniores. Ele se apresenta nesta terça no Estádio Olímpico, e assina contrato até junho de 2011. A informação foi publicada pelo site oficial do Pelotas.

Enquando isso, o Cruzeiro segue na tentativa de contratar Rafael Marques. O clube mineiro chegou a anunciar o jogador, mas a transferência não se concretizou. Agora, tenta assinar um pré-contrato com ele, o que não fere a legislação, já que o vínculo do atleta com o Grêmio termina em dezembro deste ano. Mas o zagueiro espera por uma proposta de renovação antes de ouvir ofertas de outros times.

O Grêmio ainda busca um atacante para ser opção no banco de reservas, já que o setor ofensivo vem apresentando uma dependência muito grande da dupla Jonas e Borges. Porém, com o fracasso na tentativa de contar com Éder Luís, o clube vem tendo dificuldades em reforçar o setor.