Renato convoca reunião para colocar os ‘pés no chão’

Técnico do Grêmio conversa com jogadores antes do treino

Em poucos minutos, antes do treino desta terça-feira à tarde, Renato Gaúcho cerrou portas e cortinas da sala de conferências do Estádio Olímpico. Ali, reuniu-se com os jogadores. Na pauta, as notícias sobre o possível retorno do G-4, e o confronto com o lanterna Prudente às 19h30m de quarta-feira.

Renato pede aos jogadores ‘pés no chão’ nos dois assuntos. Não pode haver empolgação com a perspectiva de disputar uma quarta vaga à Taça Libertadores 2011; e também é proibido menosprezar o próximo adversário.

– Já sabia que vocês iam perguntar isso, e me antecipei com o grupo. Falei para eles que temos de respeitar o Prudente, ter os pés no chão. Matematicamente eles têm chance ainda, e eles tendo chance é mais um jogo da vida deles. (…) Libertadores a gente lembra sim, mas temos que pensar jogo a jogo. Se voltar o G-4, ficamos a três pontos do Atlético-PR e do Botafogo, senão a distância para o Cruzeiro é de nove pontos. Fica mais difícil.

Em entrevista coletiva após o treino, Renato falou sobre a melhor campanha do segundo turno do Brasileirão, conquistada pelo Grêmio quando ele substituiu Silas:

– Com toda humildade, é a qualidade do técnico. Quando cheguei aqui a situação era ruim. Mas pela minha experiência, de já ter sido jogador, sabendo o que os jogadores pensam, isso facilitou. Não tenho varinha mágica, mas vou passar coisas boas para eles. E, lógico, com um padrão tático. O time não pode ser um bando.

Na segunda-feira Renato não esteve em Porto Alegre. Permaneceu no Rio de Janeiro, onde votou no domingo, resolvendo problemas particulares. Entre os cariocas, garante, encontrou muitos gremistas. Ele aproveita o gancho e convoca a torcida para o jogo contra o Prudente.

– Quando eu cheguei aqui vinham sete, oito mil torcedores. Agora dá gosto de ver o estádio sempre lotado. O torcedor tem comparecido, isso é fundamental. Lugar de torcedor é aqui. Vim do Rio de Janeiro agora e vi lá muitos torcedores com a camisa do Grêmio, muita gente me parabenizando. Isso é bom.