Grêmio ainda sonha com título em Ipatinga

Tigre terá vários desfalques contra o vice-líder do Brasileirão


Na reta final, faltando duas rodadas, o Grêmio vai do oito ao oitenta. Cultiva uma vaga esperança de ainda ser campeão, mas teme também ficar fora do G-4. Pelos dois motivos, a vitória sobre o Ipatinga, neste domingo no Ipatingão, às 17h, na penúltima rodada do Brasileiro, virou questão de honra.

Assim como sonha com tropeços do São Paulo, o Tricolor gaúcho receia o pior: que a zebra galope no Ipatingão e, ao mesmo tempo, o Palmeiras, o Flamengo e o Cruzeiro vençam seus jogos. A combinação de resultados deixaria o time de Celso Roth em quinto.

– O Cruzeiro vai para um jogo jogado. Não esperamos nenhuma resistência dos reservas do Inter – afirmou, em tom de bronca, o vice-presidente de futebol do Grêmio, André Krieger.

O diretor de futebol, Luís Meira, acrescentou o medo de que o Vitória não mostre contra o Palmeiras a garra exibida nos 4 a 2 sobre o próprio Grêmio, “até porque o Marquinhos já está vendido”. E foi além: “A gritaria do Flamengo contra o Carlos Simon pode resultar numa arbitragem camarada no jogo contra o Goiás”. Some-se a isso a certeza de que a mala branca viajará ao interior mineiro. Então, paranóia é o que não falta.

Mas um empate já deixaria os gaúchos mais tranqüilos – embora baste para o São Paulo ser campeão mesmo perdendo. A igualdade contra o Ipatinga manteria a equipe no G-4 e ela decidiria a vaga num Olímpico lotado, contra o Atlético-MG.

A goleada sofrida no Barradão levou o técnico Celso Roth a mexer no time. O ala-esquerda Hélder, que falhou num dos gols, perdeu a posição para Souza, que foi deslocado da ala direita. E quem assumiu esta posição não foi Paulo Sérgio, que entrou mal naquela partida, e sim Felipe Mattioni.

Na frente, Perea substituirá o lesionado Reinaldo. Em Salvador, o atacante colombiano perdeu lugar no banco para André Luís e ameaçou pedir rescisão de contrato. Tudo resolvido, ele formará dupla com Marcel – e os dois não fazem gol desde agosto.

– Espero que a dupla desencante neste domingo – suspirou Roth.

Haverá outras mudanças. Curado de contusão no tornozelo direito, o zagueiro titular Leo entrará no lugar de Amaral, que recebeu cartão vermelho no Barradão. Outro zagueiro, Pereira, está recuperado de lesão muscular. Mas, como ele não tem ritmo de jogo, Jean continuará no time.

Para o Ipatinga o que não falta é problema. Último colocado e praticamente rebaixado para a segunda divisão em 2009, o Tigre tentará se despedir de seu torcedor com uma vitória. Mas para conquistar os três pontos Enderson Moreira terá que quebrar a cabeça para montar o time.

No total são cinco desfalques, quatro suspensos e um machucado. Além do próprio treinador, suspenso pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), o lateral Baroni, o zagueiro Gian e os volantes Júlio e Leandro Salino receberam o terceiro cartão amarelo contra o Palmeiras e ficam de fora contra o Grêmio.

O goleiro Fernando, com dor no ombro direito, também ficará de fora. Fred, que não joga desde a partida contra o Fluminense, em agosto, voltará ao gol do Tigre.

De última hora, mais um problema. O lateral Márcio Gabriel deixou o treino de sexta sentindo dores no tornozelo direito e agora é dúvida para a partida.

FICHA TÉCNICA

IPATINGA X GRÊMIO

Local: Ipatingão, em Ipatinga (MG)
Data/hora: 30/11/2008, às 17h
Árbitro: Evandro Rogério Roman (PR)
Auxiliares: Marcos Antônio Moreira Collodett (ES) e Gelson Pimentel Rodrigues (ES)
IPATINGA: Fred, Silvio, Patrick e Léo Oliveira; Afonso (Márcio Gabriel), Paulinho Dias, Augusto Recife, Pablo e Beto; Adeilson e Ferreira. Técnico: Enderson Moreira

GRÊMIO: Victor; Leo, Jean e Réver; Felipe Mattioni, Rafael Carioca, William Magrão, Tcheco e Souza; Perea e Marcel. Técnico: Celso Roth.