Grêmio recebe Aurora em crise e sem técnico

Tricolor precisa vencer para superar queda no Gaúcho

LANCEPRESS!

O Grêmio pode espantar a crise que viveu na última semana se vencer o Aurora hoje, às 19h, no Olímpico, pela Libertadores. Caso triunfe, o Tricolor ficará com a classificação para as oitavas-de-final bem encaminhada.

Embora seja o líder o Grupo 8 da Libertadores, o Grêmio vive seu momento mais delicado durante este ano. Depois de perder três vezes para o arquirrival Internacional e ser eliminado do Gaúcho, a diretoria não teve outra solução e demitiu o técnico Celso Roth. Diante do Aurora, o auxiliar Marcelo Rospide comanda a equipe.

Ciente da turbulência, o presidente do Grêmio, Duda Kroeff apela para que os torceodores não abandonem o clube neste momento e compareçam em peso ao Estádio Olímpico:

– Faço um pedido para que os torcedores não abandonem o Grêmio na Libertadores. Somos líderes, ganhamos duas partidas fora de casa e só não vencemos em Porto Alegre por um azar bárbaro. Agora, teremos tempo para se dedicar à Libertadores e buscar o título.

O Tricolor terá desfalques importantes. O lateral-direito Ruy e o atacante Alex Mineiro, com lesões musculares, seguem no departamento médico, enquanto que Jonas cumpre suspensão por ter sido expulso na partida na Bolívia. Com isso, o Tricolor terá um ataque reserva, formado pelos argentinos Herrera e Maxi Lópex.

Lanterna do Grupo 7, o Aurora busca uma brecha na crise do Grêmio para conquistar seus primeiros pontos na competição. A equipe do técnico Baldivieso está embalada por bons resultados no Boliviano.

FICHA TÉCNICA:

GRÊMIO X AURORA

Local: Estádio Olímpico, Porto Alegre (RS)
Data e hora: 07 de abril, às 19h (de Brasília)
Árbitro: Antonio Arias (PAR)
Auxiliares: Oscar Vieira (PAR) e César Franco (PAR)

GRÊMIO: Víctor; Leo, Rever, Rafael Marques, Thiego, Adilson, Tcheco, Souza, Fabio Santos, Alex Mineiro o Maxi López y Germán Herrera. Técnico: Marcelo Rospide.

AURORA: Dulcich; Huayhuata, Zenteno, Viviani, Rodríguez, Bongioanni, Escobar, Cardozo, Fernández (Hurtado), Sossa e Derlis Paredes. Treinador: Julio César Bandivieso.