Herrera: ‘Jogaremos até a morte para vencer o Cruzeiro’

Atacante pede entrega total na decisão por vaga na final da Copa Libertadores

Herrera garante que está pronto para ser escalado nesta quinta-feira (Crédito: Ricardo Rimoli)

Herrera garante que está pronto para ser escalado nesta quinta-feira

LANCEPRESS!

A derrota por 3 a 1 para o Sport, neste domingo, na Ilha do Retiro, parece ter motivado o Grêmio para o duelo decisivo contra o Cruzeiro, quinta-feira, pelo jogo de volta da semifinal Copa Libertadores. Pelo menos é o que transparece no discurso do argentino Herrera, que afirma que o time precisa jogar até a morte para avançar na competição.

– Tem que ter atitude. Tem que jogar até a morte, porque é um jogo decisivo. Temos que nos matar para conseguir a classificação – disse à Rádio Gaúcha.

Na primeira partida, no Mineirão, o Grêmio perdeu por 3 a 1. O técnico Paulo Autuori preferiu deixar o atacante no banco ao escalar a dupla formada por Maxi López e Alex Mineiro, que não marcava há 125 dias. Herrera garante que tem bom entrosamento com o também argentino Maxi López.

– A característica do Maxi é parecida com a minha. Nós sempre tentamos correr, sem desistir nunca das jogadas – disse, afirmando que está pronto caso seja escalado para iniciar o jogo no Olímpico.

– Estou sempre pronto. Não tive essa condição ainda de jogar cinco ou seis jogos em sequência. Estou sempre à disposição, sou muito profissional nisso, sempre treinando. Sempre quero jogar, treino para jogar os noventa minutos.