André Krieger respeita opinião de Koff, mas não confirma Renato

Dirigente busca um profissional que se molde às características do grupo

Ampliar Foto Divulgação/Site Oficial do Grêmio Divulgação/Site Oficial do Grêmio

André Krieger, vice de futebol do Grêmio

A entrevista de Fábio Koff, revelando que considera Renato Gaúcho o homem certo para assumir o cargo de treinador do Grêmio neste momento, repercutiu entre os dirigentes de futebol do clube na noite desta segunda-feira. Para André Krieger, a opinião do ex-presidente sempre deve ser levada em conta, mas isto não será fundamental na escolha do profissional que comandará o grupo tricolor na Libertadores deste ano:

– É sempre uma opinião respeitável, de quem conhece muito futebol. Mas nós conhecemos o grupo de jogadores do Grêmio e, por isto, precisamos de calma. Temos que indicar um treinador que se molde às características do nosso grupo. Mas sempre é interessante ouvir a opinião do Fábio Koff – revela André Krieger.

O dirigente garante que o novo treinador só será anunciado após o confronto frente ao Aurora, nesta terça, às 19h, no Estádio Olímpico. André Krieger afirmou que o anúncio não será feito antes da partida pois o profissional ainda não está contratado, desmentindo que a diretoria estaria atrasando a revelação temendo um protesto dos torcedores:

– Se eu tivesse qualquer temor em relação aos torcedores, teria demitido o Celso Roth muito antes. Futebol se faz com convicção. Eu gostaria muito de anunciar o nome antes do jogo, mas não tenho como – disse Krieger.