Problemas médicos diminuem quórum do Grêmio em Huánuco

Dos 25 inscritos, cinco devem ficar de fora da viagem nesta terça-feira


Às 6h50m desta terça-feira a delegação do Grêmio embarca para Huánuco, no Peru, onde enfrenta dois dias depois o León de Huánuco pela quarta rodada do Grupo 2 da Taça Libertadores.

E a delegação tricolor pode sofrer até cinco desfalques, todos em função de problemas médicos.

O volante Adilson recupera-se de torção no tornozelo esquerdo, e na tarde desta segunda treinou em separado. André Lima foi operado após sofrer lesão no joelho direito, e desfalca a equipe por aproximadamente dois meses. Vilson, com traqueíte, também está fora. Marcelo Grohe, em função de problemas musculares, é mais um ausente.

Gripados, Júnior Viçosa e Mário Fernandes completam a lista. Nesta tarde Viçosa participou do treino e deve viajar, enquanto Mário foi liberado para repousar em sua casa – correndo o risco de ausentar-se da partida.

León de Huánuco e Grêmio enfrentam-se às 17h (horário de Brasília) de quinta-feira. Os gaúchos têm 6 pontos, contra 3 dos peruanos.