Com torção no tornozelo esquerdo, Adilson é dúvida para final de turno

Volante do Grêmio passa por exame que não aponta lesão grave e faz tratamento


Ainda no primeiro tempo da partida contra o León de Huánuco-PER – vitória gremista por 2 a 0, na noite de quinta-feira – Adilson aterrissou mal em lance pelo alto. Na queda, sofreu uma torção no tornozelo esquerdo.

Renato Gaúcho cogitou substituí-lo, mas o jogador preferiu permanecer em campo. Após a partida publicou no Twitter uma explicação:

– Hoje estou aceitando todas as críticas, porque até concordo. Torci meu pé no início do jogo e agora não estou nem andando devido à gravidade da situação.

Nesta sexta-feira, primeiro dos três dias de folga concedidos aos jogadores do Grêmio no carnaval, Adilson passou por exame de ressonância magnética. Não houve diagnóstico de lesão grave. Mas, com a torção no tornozelo esquerdo, ele terá de realizar sessões de fisioterapia em Porto Alegre.

Com isso, a presença de Adilson na partida de quarta-feira é incerta. Às 21h50m, no Estádio Olímpico, o Grêmio recebe o Caxias na decisão da Taça Piratini – o primeiro turno do Campeonato Gaúcho.