Estreia confirmada: Carlos Alberto joga pelo Grêmio no domingo

Jogador teve o nome publicado no BID da CBF nesta quinta-feira


Assim que Carlos Alberto foi apresentado pelo Grêmio como novo reforço, na última segunda-feira, Renato Gaúcho determinou: o ex-vascaíno estrearia no próximo domingo, dependendo apenas de sua regularização.

E nesta quinta-feira chegou a confirmação, com a publicação do nome de Carlos Alberto no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF.

Emprestado pelo Vasco ao Grêmio até 31 de dezembro deste ano, Carlos Alberto tem condições de jogo, e já pode estrear pelo Grêmio.

Sua partida inaugural pelo tricolor está marcada para as 17h de domingo, no Estádio do Vale, contra o Novo Hamburgo. O confronto fecha a fase classificatória da Taça Piratini – o primeiro turno do Campeonato Gaúcho.

Segundo Renato, Carlos Alberto deve jogar ao menos um tempo, colocando-se em condições de brigar pela titularidade também na Taça Libertadores – em 17 de fevereiro começa a disputa no Grupo 2, contra o Oriente Petrolero-BOL, no Estádio Olímpico.

Antes de confirmar-se a inscrição de Carlos Alberto, o jogador treinou normalmente durante a tarde desta quinta-feira. Ele foi utilizado no time titular, ao lado do argentino Escudero, que ainda não teve a documentação regularizada.

Grêmio vence fora e garante melhor campanha da primeira fase

Em Ijuí, time misto de Renato Gaúcho bateu o São Luiz por 1 a 0

Com um gol de Maylson, o Grêmio venceu o São Luiz por 1 a 0, nesta noite de quarta-feira, recuperando partida atrasada da sexta rodada da Taça Piratini – o primeiro turno do Campeonato Gaúcho. A disputa ocorreu no Estádio 19 de Outubro, em Ijuí, região Noroeste do Rio Grande do Sul.

O resultado confirma o Grêmio na primeira colocação do Grupo 2, a uma rodada do fim da fase classificatória. O Grêmio assegurou, ainda, a melhor campanha na soma geral das duas chaves. Isso garante aos tricolores a vantagem de jogar em casa nos confrontos eliminatórios da Taça Piratini. Em sete jogos, o Grêmio soma 17 pontos – é o único invicto entre os 16 integrantes da primeira divisão. O São Luiz segue na lanterna do Grupo 1, com 7 pontos.

Pouca emoção
No gramado irregular do 19 de Outubro, Grêmio e São Luiz não empolgaram no primeiro tempo os torcedores que ocuparam em bom número as arquibancadas – gremistas em maioria. Com apenas quatro titulares da escalação que iniciou a vitória sobre o Liverpool-URU pela pré-Libertadores na semana passada (Paulão, Rafael Marques, Adilson e Bruno Collaço), os visitantes mantiveram a posse de bola, sem criar muitas chances.

Na primeira que se ofereceu, entretanto, o Grêmio marcou. Maylson recebeu cruzamento de Mário Fernandes, aos 7, e cabeceou. Vanderlei defendeu, mas o próprio meio-campista tricolor apanhou o rebote e chutou enquanto o goleiro do São Luiz tentava se reerguer: 1 a 0.

Com jogadas pelos lados, o São Luiz tentou pressionar pelo empate, mas a zaga tricolor soube livrar-se do bombardeio aéreo sem abrir a guarda do goleiro Marcelo Grohe.

Repete-se a tranquilidade
Pouco mudou na segunda etapa. Com a vitória parcial conquistada no início da partida, o controle da partida seguiu nas mãos tricolores. Bem posicionado, o Grêmio evitou o desgaste trocando passes e arrefecendo a velocidade.

Ao São Luiz restou novamente apostar nos cruzamentos, sem sucesso. Nem Marcelo Grohe nem Vanderlei tiveram trabalho. Nos minutos finais, o zagueiro Bronzatti foi expulso por repetição de faltas – no total, o time da casa recebeu seis amarelos.

O marasmo foi quebrado nos acréscimos, quando Borges recebeu na área, girou, passou pelo goleiro, mas teve a conclusão interceptada pela defesa quase sobre a linha do gol.

Próximos jogos
Às 17h de domingo o Grêmio visita o Novo Hamburgo, no Estádio do Vale, pela última rodada da fase classificatória da Taça Piratini. No mesmo horário, o São Luiz recebe o Cruzeiro-Poa, em Ijuí.

Pela Libertadores, o Grêmio estreia no Grupo 2 recebendo o Oriente Petrolero-BOL, às 19h30m de quarta-feira – dia 17 de fevereiro – no Estádio Olímpico.

sÃO LUIZ 0 X 1 GRÊMIO
Vanderlei; Bronzatti, Faccin (William) e Glauber; Fernando (Anderson Oliveira), Daril, Baiano, Jean Paulo (André Luís) e Neguete; Alexandre e Sharlei. Marcelo Grohe; Mário Fernandes, Paulão, Rafael Marques e Bruno Collaço; Mateus Magro, Adilson, Maylson (Vinicius Pacheco) e Roberson (Mithyuê); Diego Clementino (Wesley) e Borges.
Técnico: Beto Campos. Técnico: Renato Gaúcho.
Data: 09 de fevereiro de 2011. Local: Estádio 19 de Outubro, em Ijuí (RS). Árbitro: Fabrício Neves Corrêa, auxiliado por Paulo Ricardo Conceição e Edemar Palmeira.
Gol: Maylson (Grêmio), aos 7m do primeiro tempo.
Cartões amarelos: Neguete, Baiano, Bronzatti, Glauber, Faccin e Daril (São Luiz); Mateus Magro e Mário Fernandes (Grêmio). Cartão vermelho: Bronzatti (São Luiz).