Fluminense vence Grêmio, apaga escritas e abre folga

Tricolor carioca leva a melhor por 2 a 0, liderado por Conca

A sequência de cinco partidas sem vitória é coisa do passado para o Fluminense. Nesta quinta-feira, o Tricolor das Laranjeiras derrotou o Grêmio por 2 a 0, com gols de Conca, no Engenhão. O placar deixou olíder Flu três pontos na frente de Corinthians e Cruzeiro, além de representar o primeiro revés do clube gaúcho após nove duelos invicto.

Com 57 pontos e a seis rodadas do fim do Brasileiro, o Fluminense agora vai encarar o Internacional, no Beira-Rio. Por sua vez, o Imortal ficou com 47, fora do grupo de classificados para a próxima Libertadores, e terá o Goiás pela frente, no Serra Dourada.

Confira a classificação do Campeonato Brasileiro

QUE CHUTE!

Empurrado pela torcida, que compareceu em bom número e encheu o estádio de pó de arroz, o Fluminense partiu para cima do Grêmio. Nos primeiros minutos, o Tricolor carioca rondou a área adversária, só que as tentativas não foram efetivas e o goleiro Victor teve pouco trabalho. Nos primeiros 15 minutos, a jogada que mais chamou a atenção foi um chute de Fernando Bob, que acertou a bola no peito do árbitro Heber Roberto Lopes, obrigado a parar o confronto por ficar sem ar.

Aos 18, mais uma trapalhada. Após Douglas lançar Vilson dentro da área, Leandro Euzébio tentou tirar e manda a bola em cima Gum. Quase gol contra. Faltava qualidade, mas Conca decidiu aparecer. No minuto seguinte, Mariano desceu pela direita e acionou o argentino, que de fora da área mandou uma bomba e correu para o abraço. Sem chances para Victor, que não chegou no canto superior direito.

A vantagem deixou o Fluminense mais tranquilo. Já o Grêmio ficou mais atento e ofensivo. Coube a Souza ligar a defesa ao ataque, que contou com Jonas, artilheiro do Brasileirão, e André Lima em noite não muito inspirada. O apoiador também foi responsável pelo maior susto no goleiro Ricardo Berna, que viu batida passar rente ao poste esquerdo.

Depois, foram as vezes dos sustos. Primeiro em cabeçada de André Lima, que raspou a trave direita após cruzamento de Jonas. Dois minutos depois, aos 44, Washington cruzou, a bola desviou em Rafael Marques e não entrou por milagre. O confronto caminhou elétrico para o intervalo.

CADA VEZ MAIS PERTO

A segunda etapa iniciou equilibrada. Flu e Grêmio até tentaram, mas erraram muitos passes. Quando a assistência foi certa, a torcida acordou. Diguinho colocou para Julio Cesar, que da entrada da área, colocou próximo da trave esquerda de Victor. A resposta do Grêmio foi imediata. Da esquerda, Lúcio achou André Lima pelo alto, que conseguiu perder na cara do goleiro rival. Por cima da barra.

Daí o duelo ganhou em disputa. O técnico Muricy Ramalho pediu tranquilidade aos comandados, mas aos 19, Gum acertou Jonas dentro da área. Penalidade não dada por Heber Roberto Lopes. Papéis invertidos, os jogadores do Grêmio perderam a cabeça e levaram três amarelos por reclamações. Aos 24, Fernando Bob foi derrubado por Paulão, mas o árbitro também mandou seguir.

Diante do resultado negativo, restou ao Grêmio avançar. Aos 29, Douglas cruzou da esquerda e Júnior Viçosa quase deixou tudo igual, em cabeceio próximo da meta. Último suspiro gaúcho. Conca tocou para Washington, que chutou cruzado. A bola passou por Victor e quando caminhava para sair, foi empurrada por Conca para o fundo do gol, aos 36. O apoiador apontou para o camisa 99, como se o tento fosse dele. Na verdade, é o da liderança.

FICHA TÉCNICA:
FLUMINENSE 2 X 0 GRÊMIO

Estádio: Engenhão, Rio de Janeiro (RJ)
Data/hora: 28/10/2010 – 21h (de Brasília)
Árbitro: Heber Roberto Lopes (Fifa-PR)
Auxiliares: Gílson Bento Coutinho (PR) e José Amilton Pontarolo (PR)
Renda/público: R$ 214.485,00 / 13.592 pagantes
Cartões amarelos: Washington, Diguinho, Gum, Ricardo Berna (FLU); Rafael Marques, Souza, Douglas, André Lima, Gilson (GRE)
GOLS: Conca, 19’/1ºT (1-0); Conca, 36’/2ºT (2-0)

FLUMINENSE: Ricardo Berna; Mariano, Gum e Leandro Euzébio; Carlinhos, Diguinho (Belletti, 42’/2ºT), Fernando Bob (Valencia, 32’/2ºT), Marquinho, Conca e Julio Cesar (Thiaguinho, 34’/2ºT); Washington. Técnico: Muricy Ramalho.

GRÊMIO: Victor; Gabriel, Rafael Marques, Paulão e Fábio Santos (Gilson, 29’/2ºT); Vilson, Souza (Diego, 35’/2ºT), Douglas e Lúcio; Jonas e André Lima (Júnior Viçosa, 26’/2ºT). Técnico: Renato Gaúcho.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: