Grêmio carimba estreia de Dorival pelo Atlético

Grêmio vence por 2 a 1. Mineiros seguem na degola

LANCEPRESS!

Na partida que marcou a estreia de Dorival Júnior no comando do Atlético, o Galo recebeu a visita do Grêmio, na Arena do Jacaré. A vitória gremista por 2 a 1 aumenta o desespero dos mineiros, que continuam na zona do rebaixamento.

Confira a classificação do Campeonato Brasileiro

A empolgação da torcida do Atlético era grande. No entanto, com menos de dois minutos, veio um balde de água fria. Jonas passou para André Lima, que venceu a marcação do selecionável Réver e finalizou. O goleiro Renan Ribeiro, que substituiu Fábio Costa, fez defesa parcial e, na sobra, Jonas empurrou para a rede e saiu para comemorar seu décimo terceiro gol no Brasileirão.

Em desvantagem, o Atlético não teve outra alternativa a não ser partir para cima do time gaúcho. Aos três minutos, Obina tentou finalização e Victor fez a defesa. Afobado em campo, o Atlético tinha dificuldades para superar a marcação eficaz do Grêmio.

Além de não conseguir criar, o Atlético apenas assistiu ao segundo gol do Grêmio. Gabriel não tomou conhecimento da marcação de Leandro, tabelou com Douglas, recebeu e aumentou o desespero da torcida do Galo. Grêmio 2 a 0. Mesmo após ampliar, o Grêmio continuou atacando. André Lima e Douglas, por exemplo, desperdiçaram boas chances de liquidar a fatura.

A partir daí, o Atlético começou a trabalhar a bola com mais tranquilidade. Aos 29 minutos, Daniel Carvalho passou como quis pela marcação gremista e finalizou. Victor fez a defesa parcial e, na sobra, Tardelli marcou. O Grêmio recuou. O Atlético tratou de aproveitar e passou a ter mais posse de bola, embora ainda oferecesse alguns contra-ataques aos tricolores. Contudo, o placar da primeira etapa não se alterou e o Grêmio foi para o intervalo vencendo.

Impulsionado por sua apaixonada torcida, o Galo teve em seus pés a maior parte das ações ofensivas da etapa final. Por três ocasiões, Victor manteve preso o grito de gol dos alvinegros. Com o passar do tempo, o desespero foi tomando conta dos mineiros, que tinham o cronômetro como um rival a mais.

O time lutou, criou, mas teve no goleiro Victor uma barreira intransponível. Fim de jogo e início de mais uma semana de sufoco para os atleticanos.

Na próxima rodada do Campeonato Brasileiro, quarta-feira, o Galo, fora de casa, enfrenta o Ceará. O Grêmio, por sua vez, recebe o São Paulo.


FICHA TÉCNICA:

ATLÉTICO-MG 1 X 2 GRÊMIO

Local: Estádio Arena do Jacaré, Sete Lagoas (MG)
Data/Hora: 26/9/2010 às 21h (horário de Brasília)
Árbitro: Arilson Bispo da Anunciação (BA)
Auxiliares: Emerson Augusto de Carvalho (SP) e Luiz Carlos Silva Teixeira (BA)
Renda e público: R$ 57.790,00 / 12.262 pagantes
Cartões amarelos: Gabriel, Fábio Santos, Neuton, Rafael Marques, Fernando (GRE); Diego Macedo (ATL)
Cartões vermelhos: Não houve
Gols: Jonas 1’/1ºT (0-1), Gabriel 14’/1ºT (0-2) e Diego Tardelli 29’/1ºT (1-2)

ATLÉTICO-MG: Renan Ribeiro, Rafael Cruz (Diego Macedo 7’/2ºT) Réver, Werley e Leandro; Zé Luis, Serginho, Ricardinho (Eron 21’/2ºT) e Daniel Carvalho; Diego Tardelli (Neto Berola 43/’1ºT) e Obina – Técnico: Dorival Júnior.

GRÊMIO: Victor; Gabriel, Vilson, Rafael Marques e Fábio Santos; Fábio Rochemback, Adilson (Neuton 14’/2ºT), Fernando (Róberson 32’/2ºT) e Douglas; Jonas e André Lima (Maylson 14’/2ºT). Técnico: Renato Gaúcho.