Com dois do artilheiro Jonas, Grêmio passeia em Floripa e vence o Avaí

Atacante chega à artilharia isolada do Brasileirão no dia em que o Tricolor gaúcho fez 3 a 0 e complicou a vida do time catarinense

O Grêmio teve a tranquilidade necessária para se aproveitar do desespero do Avaí. Com calma no frio do Estádio da Ressacada, em Florianópolis, o Tricolor gaúcho venceu por 3 a 0, neste domingo, em jogo válido pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro. O resultado levou o time de Renato Gaúcho para mais longe da zona de rebaixamento e afundou o time catarinense, que chegou à nona partida seguida sem vitória (seis derrotas e três empates). O destaque foi o atacante Jonas, que marcou dois gols e chegou à artilharia isolada da competição, com 11.

Confira a classificação do Campeonato Brasileiro

Na próxima quarta-feira o Grêmio, que subiu duas posições e agora é o 11º colocado, com 29 pontos, recebe o Flamengo no Olímpico. Na quinta, o Avaí vai a Salvador enfrentar o Vitória ocupando a incômoda 16ª posição e com 25 pontos, a apenas quatro da zona de rebaixamento.

O frio no Estádio da Ressacada parecia exercer influência direta no desempenho das duas equipes. O jogo começou sem muita movimentação e, assim, poucas chances foram criadas. Aos poucos o Avaí conseguiu se sobressair na base da velocidade. O time da casa investia pelas laterais, principalmente a direita. No entanto, não mostrava competência nas conclusões ou esbarrava nas boas defesas de Victor.

O Grêmio inicialmente optou por ficar mais em seu campo de defesa. Mas diante da má pontaria do Avaí, começou a se arriscar no ataque. Principal homem de criação, Douglas começava a ter liberdade para criar e, assim, os gaúchos conseguiram equilibrar a partida.

No momento em que o Avaí tinha leve superioridade, o Grêmio, baseado em sua maior qualidade individual, achou o primeiro gol. Não com o cérebro Douglas, mas com o artilheiro Jonas. O atacante recebeu na entrada da grande área, driblou dois adversários e chutou rasteiro, no canto direito de Renan, abrindo o placar aos 35 minutos e marcando seu décimo gol no Brasileirão.

Com a vantagem, o Grêmio voltou para o segundo tempo disposto a segurar o ritmo da partida. Do outro lado, o técnico Antônio Lopes apostava na velocidade de jogadores como Eltinho e Marcelinho para vencer a defesa adversária. Os gaúchos apostavam nos toques e nas jogadas de bola parada. E foi assim que o Tricolor ampliou, aos 19 minutos. Douglas cobrou falta na área, e André Lima subiu sozinho para cabecear e fazer o segundo gol.

Se já estava fácil, a vantagem minou de vez o Avaí. A torcida protestava na arquibancada quando o Grêmio marcou o terceiro, e novamente com Jonas, aos 26 minutos. O atacante recebeu de Douglas e teve calma, tranquilidade e pouca marcação para dominar a bola e fazer o seu 11º gol no Brasileirão, assumindo a artilharia isolada.

Foi a deixa para a torcida do Avaí começar a deixar a Ressacada e, assim, os torcedores gremistas passaram a mandar no estádio. A partida se arrastou até o fim, tendo como trilha sonora o grito de “olé” dos gaúchos.

AVAÍ 0 X 3 GRÊMIO
Renan, Gabriel, Rafael (Sávio) e Léo San; Patric, Marcinho Guerreiro, Leandro Bomfim, Caio e Jéferson (Eltinho); Rafael Costa e Laércio (Marcelinho). Victor, Gabriel, Vilson, Rafael Marques e Fábio Santos; Adilson (Ferdinando), Fábio Rochemback, Souza (Roberson) e Douglas; Jonas e André Lima (Lúcio).
Técnico: Antônio Lopes. Técnico: Renato Gaúcho.
Gols: Jonas, aos 35 minutos do primeiro tempo; André Lima, aos 19, e Jonas, aos 26 minutos do segundo tempo.
Cartões amarelos: Leandro Bomfim, Rafael e Patric (Avaí); Adilson e Fábio Rochemback (Grêmio).
Estádio: Ressacada, em Florianópolis (SC). Data: 19/09/2010. Árbitro:Wilton Pereira Sampaio (DF). Assistentes:Ênio Ferreira de Carvalho (DF) e Marrubson Melo Freitas (DF). Público: 9.146 presentes. Renda:R$ 69.630.

Avaí e Grêmio se enfrentam para subir na tabela

Anfitrião amarga jejum de vitórias. Gaúchos querem a reação

LANCEPRESS!

Após o empate, em 1 a 1, fora de casa, contra o Vasco, na última quinta-feira, considerado pelo técnico Antônio Lopes e pelo restante da equipe catarinense como um bom resultado, o Avaí recebe o Grêmio, neste domingo, às 18h30, na Ressacada, para tentar voltar à parte de cima da tabela.

A partida contra o Tricolor Gaúcho é uma boa oportunidade para o Avaí melhorar a atual campanha ruim na Ressacada. Nas últimas três vezes em que jogou em seu estádio, o Leão da Ilha foi derrotado em todas as ocasiões, para Internacional, Atlético Paranaense e Cruzeiro. No entanto, foi também na Ressacada que o Avaí conseguiu sua última vitória no Brasileirão, contra o Corinthians, no dia 15 de agosto, pela 15ª rodada do campeonato. De lá para cá foram cinco derrotas e três empates, com apenas três pontos conquistados em 24 disputados. A má fase fez com que o time despencasse da terceira para a 15ª posição na tabela, a apenas quatro pontos da zona de rebaixamento.

O técnico Antônio Lopes ainda não definiu a equipe titular que entrará em campo no domingo, mas é provável que ele volte a usar o esquema 3-6-1, bem-sucedido no jogo contra o Vasco, em vez do 4-4-2, que vinha sendo utilizado até então. Expulso na última partida após cometer pênalti e receber o segundo amarelo no jogo, o zagueiro Emerson, suspenso, não enfrenta o Grêmio. Em seu lugar, Emerson Nunes deve ser titular na zaga.

Outro possível desfalque na equipe catarinense é o atacante Vandinho, que sentiu uma lesão muscular e saiu machucado na partida de quinta-feira, sendo substituído por Rafael Costa. Vandinho está em tratamento e sua presença entre os titulares será definida neste sábado pela comissão técnica do Avaí. Caso não jogue, Antônio Lopes deve escalar Rafael Costa ou Laércio no ataque da equipe.

Grêmio quer retomar a arrancada e voltar a vencer

Enquanto isso, o Grêmio precisa da vitória não só para continuar sua ascensão na tabela, como também para mostrar que a derrota para o Palmeiras, quarta-feria, no Olímpico, foi apenas um tropeço na arrancada gremista.

Os desfalques do Tricolor Gaúcho ficam por conta de Leandro, que sofre de lombalgia, e Borges, que, lesionado, está fora do Brasileirão e só volta a campo em 2011. Para seu lugar, o técnico Renato Gaúcho escalou André Lima. Por outro lado, Vilson volta a ser titular, após cumprir suspensão na última rodada.

Para o atacante Jonas, a lesão de Borges é uma grande perda para a equipe, mas André Lima tem condições de substitui-lo à altura:

– Ficamos muito tristes com a notícia. Ele se machucou muito neste ano. É um jogador muito importante, um goleador. Não adianta ficar elogiando o Borges, porque todo mundo o conhece. Vamos torcer para que ele se recupere o mais rapidamente possível. André é outro grande jogador. Cada um tem suas características. Borges se movimenta, faz a parede. André também faz, mas gosta mais da bola aérea. Temos de nos encaixar ao estilo de cada jogador. Não vai afetar muito, acho.

Desde que Renato Gaúcho assumiu o comando do time, o Grêmio venceu quatro partidas, empatou três e saiu derrotado em outras três oportunidades, mas, até o confronto contra o Palmeiras, o time gaúcho, que chegou a ficar na zona de rebaixamento, estava invicto há cinco rodadas.

FICHA TÉCNICA:

AVAÍ X GRÊMIO

Estádio: Ressacada, Florianópolis (SC)
Data/hora: 19/09/2010 – 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Wilson Pereira Sampaio (DF)
Auxiliares: Enio Ferreira de Carvalho (DF) e Marrubson Melo Freitas (DF)

AVAÍ: Renan, Gabriel, Rafael e Emerson Nunes; Patric, Marcinho Guerreiro, Diogo Orlando, Leandro Bonfim, Sávio e Davi; Rafael Costa (Laércio) – Técnico: Antônio Lopes

GRÊMIO: Victor, Gabriel, Vilson, Rafael Marques e Fábio Santos; Adilson, Fábio Rochemback, Douglas e Souza; André Lima e Jonas – Técnico: Renato Gaúcho