Grêmio aposta alto na Copa Sul-Americana

Time vai atuar com força máxima contra o Goiás

O Grêmio estreará com força máxima na Copa Sul-Americana, quinta-feira, no Serra Dourada, contra o Goiás. O tempo em que o clube esnobava essa competição passou. Como lembrou o zagueiro Ozeia nesta segunda-feira:

– Agora é diferente, porque ela dá vaga na Libertadores.

O técnico Silas repetirá a equipe que atuou bem no empate em 0 a 0 com o Inter, pelo Brasileirão: Victor; Ozeia, Rafael Marques e Rodrigo; Maylson, Ferdinando, Adilson, Douglas e Hugo; Jonas e Borges.

radio l! Silas: De novo fomos melhor que o Inter no Beira-Rio

radio l! Zagueiro incomodado com situação do Grêmio na tabela

Para domingo, contra o Fluminense, no Olímpico, o Tricolor não terá quatro titulares: o goleiro Victor, que estará na Seleção Brasileira, Ozeia, Hugo e Jonas, os três punidos com cartão amarelo no Gre-Nal. Os substitutos serão, respectivamente, Marcelo Grohe, Neuton, Fábio Santos e André Lima.

Nesta segunda-feira, enquanto os titulares fizeram treino regenerativo no vestiário, os outros treinaram no campo suplementar. Entre estes, estavam Souza e Lúcio, já recuperados de cirurgia. Souza atuou dez minutos no clássico.

Com dores musculares persistentes, que o tiraram do jogo no Beira-Rio, Fábio Rochemback limitou-se a fazer tratamento médico. Como Ferdinando, seu substituto, deu melhor proteção à zaga, é possível que o segundo-volante, um dos maiores salários do clube, amargue uma reserva quando se recuperar.

Retorno de Souza será gradual

Meia terá condições para atuar durante 90 minutos daqui a cinco jogos

Depois de seis meses sem jogar, Souza terá um retorno gradual aos gramados. Contra o Inter, foram 10 minutos. No próximo jogo, dobrará esse tempo. Depois, deverá ter condições de suportar meia hora. Nesse ritmo, segundo o preparador físico Anderson Paixão, o meia poderá ser escalado desde o início em, no máximo, cinco partidas.

— Não há razão para pressa. O importante é que ele recupere todo o condicionamento — diz Paixão.

Rochemback segue fora

Ainda não há prazo definido para o retorno de Fábio Rochemback. Com lesão muscular, sofrida contra o Cruzeiro, o volante fará fisioterapia na semana. Segundo o diretor médico Márcio Bolzoni, está fora dos dois próximos jogos.

Grêmio aposta alto na Copa Sul-Americana

Time vai atuar com força máxima contra o Goiás

O Grêmio estreará com força máxima na Copa Sul-Americana, quinta-feira, no Serra Dourada, contra o Goiás. O tempo em que o clube esnobava essa competição passou. Como lembrou o zagueiro Ozeia nesta segunda-feira:

– Agora é diferente, porque ela dá vaga na Libertadores.

O técnico Silas repetirá a equipe que atuou bem no empate em 0 a 0 com o Inter, pelo Brasileirão: Victor; Ozeia, Rafael Marques e Rodrigo; Maylson, Ferdinando, Adilson, Douglas e Hugo; Jonas e Borges.

Para domingo, contra o Fluminense, no Olímpico, o Tricolor não terá quatro titulares: o goleiro Victor, que estará na Seleção Brasileira, Ozeia, Hugo e Jonas, os três punidos com cartão amarelo no Gre-Nal. Os substitutos serão, respectivamente, Marcelo Grohe, Neuton, Fábio Santos e André Lima.

Nesta segunda-feira, enquanto os titulares fizeram treino regenerativo no vestiário, os outros treinaram no campo suplementar. Entre estes, estavam Souza e Lúcio, já recuperados de cirurgia. Souza atuou dez minutos no clássico.

Com dores musculares persistentes, que o tiraram do jogo no Beira-Rio, Fábio Rochemback limitou-se a fazer tratamento médico. Como Ferdinando, seu substituto, deu melhor proteção à zaga, é possível que o segundo-volante, um dos maiores salários do clube, amargue uma reserva quando se recuperar.

Ozéia aposta na força do Olímpico para ascensão tricolor no Brasileiro

Time tem duas partidas seguidas em casa, contra Fluminense e Goiás, e duas vitórias podem garantir a fuga da zona de rebaixamento da competição

Apesar do jejum de vitórias, o rendimento da equipe do Grêmio vem sendo elogiado por dirigentes e comissão técnica. A falta de vitórias mantém o time gaúcho na zona de rebaixamento – é o 18º -, situação que incomoda muito os atletas. Na quinta-feira, o Tricolor vai até o Serra Dourada enfrentar o Goiás, pela Copa Sul-Americana. No entanto, os próximos dois jogos pelo Campeonato Brasileiro serão no Olímpico.

De acordo com o elenco, seis pontos nestes confrontos são considerados fundamentais para que o Grêmio ainda possa brigar por alguma coisa na ponta de cima da tabela.

– Estamos visando uma sequência de duas vitórias em casa para dar uma subida legal. É questão de tempo. Encostamos neles e depois a gente vê mais para frente o que acontece – disse o zagueiro Ozeia.

Após o duelo pela competição continental na quinta-feira, o Grêmio enfrenta o Fluminense, dia 8, e novamente o Goiás, desta vez pelo Nacional, no dia 15. O Tricolor carioca, aliás, lutou para ser rebaixado em 2009. Apesar do sinal de alerta ligado no clube gaúcho, o zagueiro acredita que não passará pelo mesmo sufoco que o adversário teve de enfrentar no ano passado.

– É cedo, o campeonato é muito longo. Tenho certeza que o Grêmio não vai passar apertos como o Fluminense passou aquele ano. Estamos amadurecendo e a vitória está pintando – acredita Ozeia.

O jogador também falou sobre a polêmica que vem desde a semana passada, quando Hugo admitiu que o time estava atuando sem vontade em algumas partidas.

– Não é todo dia que você está bem. Você quer dar o melhor todos os dias, mas tem dias que não acontece. Não é falta de vontade, é porque tem dias que não acontece. Estamos aqui porque gostamos de futebol e queremos ir bem.

Como recebeu o terceiro cartão amarelo, Ozeia não enfrenta o Fluminense na quinta-feira, assim como Hugo e Jonas.