Grêmio procura as causas da má atuação Time não jogou bem na derrota para o Coritiba

Time não jogou bem na derrota para o Coritiba

Faltou comprometimento e concentração. Foi esse o diagnóstico do técnico Silas e do vice-presidente de futebol Luiz Onofre para a sofrível atuação do Grêmio na derrota de 2 a 0 para o Coritiba., na noite desta quarta-feira em Florianópolis.

O meia Hugo comprovou essa versão ao se colocar contra a própria participação no Torneio da Hora.

— Seria mais proveitoso ficar treinando em Porto Alegre – opinou.

A crítica do zagueiro Ozeia bem que podia ser para ele.

— O time vai ter que acordar – protestou Ozeia.

Para Silas, uma das causas para a falta de empenho foi o caráter amistoso da partida. A outra teria sido física.

— Fomos para Rivera no Uruguai de ônibus, no fim de semana, porque o mau tempo não permitia viagem de avião. Foram sete horas para ir e sete para voltar. Parece que é normal, mas influiu no rendimento de hoje. Ainda mais que jogamos todo o segundo tempo com dez homens – disse.

Mas vai melhorar, prometeu Silas. Sábado, contra o Vasco, ele já vai se fixar numa escalação. Com isso, vai calar quem o criticou por ter escalado um time no primeiro tempo e outro no segundo.

— Até agora foi treino. Mas sábado contra o Vasco e segunda contra o Avaí vamos usar a equipe que pretendemos escalar nas partidas do Brasileiro – garantiu o técnico.