Leandro deve ser anunciado pelo Grêmio até este fim de semana

Atacante pode ser apresentado na sexta se conseguir liberação do Verdy


Divulgação/Site oficial

Leandro espera resolver situação no Verdy

O Grêmio espera fazer ainda nesta terça o anúncio oficial da contratação do atacante Leandro, de 29 anos, do Verdy Tokyo. Nesta segunda, a direção decidiu assumir uma dívida de US$ 300 mil (cerca de R$ 552 mil) do jogador com o clube japonês, referente a um adiantamento salarial. Dessa forma, desaparece o único obstáculo que ainda prendia o ex-jogador do São Paulo ao Verdy Tokyo.

Leandro devolverá o dinheiro ao Grêmio em parcelas, ao longo dos três anos de contrato que vai assinar. Como de hábito, a direção reluta em confirmar o acerto antes que o jogador se apresente.

– Só falta resolver a situação dele com o clube. O caso é delicado, porque o Verdy Tokyo não tinha a intenção de liberá-lo – explicou o vice de futebol Luiz Onofre Meira.

O prazo para registro de seu contrato na CBF se encerra nesta sexta-feira, quando finaliza o período de transferências de jogadores. Nesta segunda, demonstrando preocupação, Leandro havia admitido que a negociação havia complicado, após ter ficado bem encaminhada na semana passada. Ainda assim, disse ser “zero” a possibilidade de ficar no Japão.

– A chance de ir para algum clube brasileiro é 100% do Grêmio – garantiu Leandro, que alegou problemas de doença na família, de Ribeirão Preto, para convencer os dirigentes japoneses a liberá-lo.

O Grêmio pretende adquirir os direitos do jogador, que ainda tem mais um ano e meio de contrato com o Verdy Tokyo. O valor não foi revelado, mas o pagamento será feito em duas parcelas.

O lateral-direito Felipe Mattioni, do Milan, que era aguardado como o quarto reforço, não virá mais. Além de Leandro, o Grêmio terá Lúcio e Renato Cajá.

Goleiro do Grêmio Victor é homenageado pelo governo gaúcho

Camisa 1 recebe a medalha João Saldanha como reconhecimento à conquista da Copa das Confederações

Victor recebe a medalha João Saldanha

Um paulista de Santo Anastácio, que conquistou o coração de metade do Rio Grande do Sul, foi homenageado nesta segunda-feira pelo governo gaúcho. O goleiro Victor, herói da torcida do Grêmio, recebeu a medalha João Saldanha das mãos da governadora Yeda Crusius. A distinção é um reconhecimento a atletas que tenham representado o estado com louvor, seja de forma individual ou coletivamente.

A homenagem a Victor foi consequência da conquista da Copa das Confederações com a seleção brasileira na África do Sul. O goleiro se mostrou emocionado com a lembrança.

– Esta homenagem vai ficar guardada com muito carinho na minha galeria de lembranças. Sinto-me honrado em poder fazer parte deste grupo seleto que recebeu a medalha e em poder representar não só o Grêmio, mas todo o estado do Rio Grande do Sul – disse Victor.

O técnico da seleção brasileira, Dunga, também havia recebido a medalha, assim como o lateral-esquerdo Kleber, do Inter, e o atacante Nilmar, agora atleta do Villarreal, da Espanha. Todos participaram da conquista da Copa das Confederações.

Grêmio volta a desistir de Felipe Mattioni

Clube perde a paciência com negociações e analisa mercado para encontrar um lateral-direito


Mattioni, que trocou o Grêmio pelo Milan, acabou não sendo aproveitado no clube italiano

O Grêmio cansou de esperar, perdeu a paciência com as negociações e não conta mais com Felipe Mattioni como reforço para o segundo turno do Campeonato Brasileiro. O clube já havia desistido do jogador anteriormente, mas os representantes dele entraram em contato com a diretoria para reabrir as tratativas. O Tricolor fez uma nova oferta, mas as conversas não avançaram.

– O Grêmio é muito maior do que o Felipe Mattioni – disse o presidente do clube gaúcho, Duda Kroeff, em entrevista para a Rádio Bandeirantes, resumindo sua insatisfação com as negociações.

Felipe Mattioni deixou o Grêmio no início do ano, contra a vontade do clube, e foi para o Milan, da Itália, onde não foi aproveitado. Sem a possibilidade de efetivar o retorno do jogador, o Tricolor volta a analisar o mercado. Edílson, da Ponte Preta, foi um nome estudado pelo clube gaúcho, que preferiu não contratá-lo. Duda Kroeff garante que não há um jogador com contratação engatilhada para o flanco direito.

Souza quer ‘tirar a zica’ fora de casa

Meia marcou um dos gols do Tricolor na goleada de 4 a 1 sobre o Galo


Souza quer espantar o azar fora de casa

Após a goleada de 4 a 1 sobre o Atlético-MG, o meia Souza voltou a afirmar que o Grêmio ainda tem chances de conquistar o título do Brasileirão. Para isso, ele diz que a equipe precisa apenas superar a má sorte nos jogos fora do Olímpico.

– Tirar a “zica” – resumiu.

Autor de um dos gols da vitória sobre o Galo, ele disse que o Tricolor tem de tomar um banho de sal grosso para afastar os maus resultados como visitante e começar a vencer fora de casa. Segundo o camisa 9, as derrotas fora de Porto Alegre têm ocorrido mais em função de razões psicológicas do que técnicas do grupo. De acordo com o meia, o Grêmio precisa entrar em campo longe da torcida com a mesma disposição que apresenta no Olímpico.

– Entrar para ganhar, quando se criar oportunidade, fazer o gol – destacou.

Em 11 partidas fora de casa, foram nove derrotas e dois empates. A próxima oportunidade de começar a mudar este quadro será no domingo. O time de Paulo Autuori visita o Botafogo, no Rio, às 18h30m.

Lateral Lúcio trabalha no Olímpico

Jogador realiza treinos físicos junto com o argentino Herrera

Lúcio (dir.) treina ao lado de Herrera

O recém-contratado lateral-esquerdo Lúcio comçou a fazer os trabalhos físicos no Estádio Olímpico. Nesta segunda-feira, o jogador, que foi apresentado oficialmente no domingo como jogador do Grêmio, realizou trabalhou no vestiário.

Lúcio revelou na apresentação oficial que estará à disposição do técnico Paulo Autuori dentro de uma semana. Existe a possibilidade de o jogador acompanhar a delegação tricolor que vai ao Rio de Janeiro enfrentar o Botafogo, no próximo domingo, às 18h30m (de Brasília), no Estádio do Engenhão, pelo Brasileirão.

O atacante Herrera, que está voltando de lesão, também treinou fisicamente e pode aparecer como titular contra os cariocas.

Impecável no Olímpico, Grêmio derrota o Atlético-MG sem fazer força

Em ritmo de treino, Tricolor faz 4 a 1 no Galo e enxerga o G-4 mais próximo. Mineiros vivem pequeno jejum


Rever comemoração Gremio jogo contra Atletico-MG

Fácil como tirar doce de criança. Assim o Grêmio construiu uma vitória maiúscula sobre o Atlético-MG, neste domingo, pela 21ª rodada do Brasileirão. O placar de 4 a 1 foi construído praticamente todo no primeiro tempo com tranquilidade e três gols. O resultado comprova a força do Imortal no estádio Olímpico. Em onze jogos como mandante, foram nove vitórias e dois empates. O Tricolor chega a 31 pontos e assume a oitava posição. O Galo completa quatro partidas sem vencer e perde novamente a chance de voltar ao G-4. Com 33 pontos, está em sexto.


Assista os melhores momentos da Partida:

Na próxima rodada, as duas equipes jogam no domingo. O Atlético recebe o Sport, no Mineirão, às 16h. O Grêmio visita o Botafogo, no Engenhão, às 18h30m.

Em ritmo de treino, Grêmio abre vantagem

Antes de a bola rolar, o técnico do Atlético, Celso Roth, ex-comandate gremista, foi vaiado por parte dos torcedores no estádio. Mas houve quem o aplaudisse, principalmente o público das sociais. Todos os jogadores do Tricolor fizeram questão de cumprimentá-lo.

O início da partida foi mentiroso. Solto e bem disposto em campo, o Galo parecia pronto para surpreender e usou o lado direito para tentar abrir o placar. Aos três, a defesa do Grêmio vacilou na marcação e deixou Marcos Rocha passar livre. O garoto cruzou, mas Victor não deixou que bola chegasse em Diego Tardelli na pequena área. Tardelli e Carlos Alberto também apareceram pelo setor com perigo, mas não o suficiente.

E logo na primeira vez que buscou o gol, o Grêmio conseguiu. Aos sete, a bola área, sempre forte, deu resultado. Tcheco cobrou falta do lado esquerdo para a área, Réver subiu sem marcação e abriu o placar. Quarto gol do zagueiro no Brasileirão. Os mineiros sentiram o golpe, mas sem desanimar. Aos 15, Marcos Rocha voltou a ter libertade na direita, rolou para Carlos Alberto, e o chute do volante saiu cruzado e torto. Faria falta.

Com domínio absoluto do jogo, a equipe de Paulo Autuori provou que vive mesmo uma fase irretocável no Olímpico e passou a explorar o lado direito do ataque. Aos 23, Souza recebeu livre na área e cruzou na segunda trave. O colombiano Perea, sem qualquer marcação, cabeceou no travessão, a bola tocou no goleiro Bruno e entrou: 2 a 0 no placar e avalanche na arquibancada.

Estava realmente fácil demais para o Grêmio. Com o Atlético desorganizado e abatido, os donos da casa trataram de ampliar. Aos 29, Souza cobrou falta com perfeição, e Bruno só olhou, impotente. Na tentativa de mudar o quadro, Celso Roth não esperou o fim do primeiro tempo para mexer. O cronômetro marcava 33 minutos quando o meia Evandro entrou no lugar de Marcos Rocha. Não havia muita força e nem tempo para criar.

Tricolor amplia, e Galo sofre

Roth mudou o ataque atleticano na volta do intervalo. Ele lançou o colombiano Rentería, que durante muito tempo foi rival do Grêmio com a camisa do Inter, no lugar de Eder Luis. Como um sopro de esperança, o Galo chegou a assustar bem cedo. No primeiro minuto, Renan Oliveira recebeu ótimo passe na área pela esquerda, bateu cruzado com a canhota, mas a bola se perdeu pela linha de fundo.

Não era dia nem de Diego Tardelli. O artilheiro do time no Brasileiro, com nove gols, pouco conseguiu produzir de tão isolado na frente. Atlético sem força, sem equilíbrio e frágil. Aos 12, o quarto gol gremista comprovou que realmente a tarde não era atleticana. Com um passe de primeira, Souza encontrou Jonas na área, o atacante só esperou o zagueiro Welton Felipe passar lotado pela bola e a empurrou para o gol de Bruno. Não perca a conta: 4 a 0.

E até quando a defesa falha o Grêmio está seguro. Aos 21, num dos poucos lances de ataque alvinegro até então, Rentería recebeu na área e cruzou certinho para Tardelli bater de primeira, com a esquerda. Victor, goleiro da seleção brasileira, fez uma defesa espetacular. Mas bastou caprichar um pouquinho para o Galo chegar. Aos 33, em jogada individual, Evandro saiu de marcação dupla com velocidade e bateu cruzado da entrada da área. Gol de honra. E só. Coincidentemente, nas últimas três partidas que venceu no Olímpico, o Imortal fez o placar de 4 a 1. Celso Roth precisa conter a queda livre.

Grêmio fecha parceria com o Figo

Craque português está lançando site para garimpar novos talentos pela internet e com direito a Luiz Felipe Scolari como avaliador da garotada


Figo lança site oficial para garimpar novos talentos

Nesta quinta-feira, a diretoria do Grêmio fechou uma parceria com o craque português Luis Figo. O ex-jogador lançou o portal “Football Dream Factory” para garimpar jovens talentos pela internet. A iniciativa irá promover um concurso anual de aspirantes. Os dados dos participantes ficarão registrados no site, à disposição dos clubes parceiros, entre eles, o Tricolor gaúcho.

Os dez vídeos mais acessados do dia serão avaliados por um grupo de profissionais liderados pelo técnico Luiz Felipe Scolari. Os sete vídeos que obtiverem a maior pontuação durante a semana passarão pelo aval de Figo. No fim do primeiro ano, um grupo de especialistas, encabeçado pelo ex-jogador português, elegerá a melhor promessa da temporada. A inscrição e a visualização do material postado na rede mundial de computadores são gratuitas.

Os organizadores esperam que a ferramenta receba 300 mil vídeos ao longo do primeiro ano. Dentro de três anos, a meta é alcançar dois milhões de inscritos. Além do Grêmio, são parceiros do projeto o Inter de Milão, o Valencia, o Porto, o Sporting, o Benfica e o Al-Hilal. As informações são do site oficial do Grêmio.