Mithyuê volta a treinar com o grupo

Meia participa de atividade dos reservas no campo suplementar nesta sexta



Depois de aproximadamente seis meses de recuperação, Mithyuê está novamente integrado ao grupo do Grêmio. Na tarde desta sexta, o meia treina com o grupo pela primeira vez desde que teve uma ruptura do ligamento cruzado do joelho esquerdo durante a pré-temporada, em Bento Gonçalves, no início do ano.

Mithyuê já vinha treinando com bola desde o início da semana, mas sempre sozinho. Orientado pelos fisioterapeutas, ele fazia trabalhos de corrida com bola, passando entre cones ou indo até o fundo do campo e voltando.

Nesta sexta, porém, ele participou por alguns minutos do treino técnico comandado por Paulo Autuori no campo suplementar. No trabalho em campo reduzido, ele correu normalmente, se movimentou e deu passes. Nenhum médico ou fisioterapeuta do clube se pronunciou ainda sobre o prazo que o jogador levará para voltar a jogar.

Perea, que se recuperou de uma tendinite patelar no joelho direito, também treina normalmente. Já o volante Willian Magrão segue na fisioterapia, e tem seu retorno previsto para setembro.

O Grêmio se reapresentou nesta tarde após a derrota por 2 a 1 para o São Paulo, no Morumbi. Apenas quem não jogou ou jogou menos de 45 minutos participa do treino. Os titulares, mais o reserva Jonas, que entrou no intervalo, fazem apenas trabalhos de recuperação física no vestiário.

O time treina ainda na manhã de sábado e já inicia concentração para a partida de domingo, às 18h30m, no Olímpico, contra o Cruzeiro.

Grêmio busca parceiros para bancar permanência de Maxi López

Clube busca investidores que o auxiliem a manter ídolo em 2010

Maxi López: objetivo é contar com ele em uma nova disputa de Libertadores

Faltando ainda seis meses para o encerramento do contrato de empréstimo de Maxi López, o Grêmio busca investidores que o auxiliem a manter seu ídolo no Olímpico em 2010. Para ficar com o argentino, precisará pagar 1,5 milhão de euros (cerca de R$ 4 milhões) ao FC Moscou, da Rússia, dono dos direitos federativos. O objetivo é contar com o jogador em uma nova disputa de Libertadores.

A parceria deverá funcionar nos mesmos moldes de outras já realizadas pelo clube. O investidor adianta o dinheiro e recebe em troca um percentual sobre uma futura venda.

Pelo desempenho em campo, Maxi afirma-se como um investimento com retorno garantido. Após uma passagem sem brilho por Barcelona, Mallorca e FC Moscou, o centroavante conseguiu recuperar sua imagem no Grêmio. Também é atraente a clubes europeus por ter passaporte comunitário, o que faz com que não ocupe nenhuma das vagas reservadas para jogadores estrangeiros.

Pelo menos sete clubes de países como Itália, Alemanha e Grécia já fizeram sondagens aos empresários Luis Smurra e Dario Bombini sobre as condições para a liberação do jogador. Nenhum deles, no entanto, conseguirá tirá-lo do Olímpico antes de 31 de dezembro. Até esta data, a opção de compra é do Grêmio.

– Há uma carência de bons atacantes no mercado. No Grêmio, Maxi voltou a mostrar suas qualidades. Teve problemas de adaptação na Europa por ter sido vendido muito cedo – diz o empresário Fernando Otto.

Maxi também já acertou sua forma de liberação do FC Moscou. Como abriu mão de parte dos salários a que teria direito quando veio para o Grêmio, em fevereiro, conseguirá se desvincular mediante o pagamento de US$ 1 milhão.

Douglas Costa pede desculpas por erros e se diz focado no Grêmio

Meia afirma que está tranquilo para buscar espaço no Tricolor gaúcho



Após a derrota por 2 a 1 para o São Paulo, o Grêmio retornou a Porto Alegre na manhã desta sexta. Os jogadores ainda buscam explicações para o rendimento ruim longe do Olímpico. Mas, apesar da derrota, o meia Douglas Costa recebeu elogio do técnico Paulo Autuori. O jogador se disse satisfeito com a atução no Morumbi e salientou que aprendeu com os erros. Na última sexta, o garoto foi flagrado dirigindo sem habilitação na capital.

– Isso passou, errei. Peço desculpas pelo o que eu fiz. Agora, é seguir trabalhando e esquecer o que passou. Daqui para frente, é focar no Grêmio como sempre – reiterou.

O jogador negou que tenha perdido o foco no trabalho.

– O que eu quiser fazer, faço pela minha cabeça, não pela dos outros. Agora, é aprender com os erros – explicou.

O meia disse ainda que está tranquilo para buscar seu espaço no Tricolor:

– No segundo tempo, o time cresceu com a minha entrada, cheguei mais no gol. Com calma, vou procurar meu espaço, meu lugar na equipe. Estou trabalhando firme e forte – enfatizou.

Neste domingo, o adversário do Grêmio será o Cruzeiro, às 18h30m (de Brasília), em Porto Alegre. O Grêmio é décimo colocado na tabela do Brasileirão, com 21 pontos