Grêmio encara o lanterna Aurora na Bolívia

Altitude não preocupa o Tricolor, que busca a segunda vitória

LANCEPRESS!

O Grêmio tenta alcançar a segunda vitória consecutiva na Copa Libertadores, enfrentando o Aurora, nesta quarta-feira, em Cochabamba, na Bolívia. A confiança do Tricolor gaúcho é grande: além de a equipe ter se encontrado, o adversário – o mais fraco do Grupo 7 – não terá seu melhor jogador, Hurtado, convocado pela seleção boliviana.

Concentrada em Santa Cruz de la Sierra desde segunda-feira, a equipe do técnico Celso Roth só trocará a cidade ao nível do mar pelos 2.500 metros de Cochabamba horas antes da partida. A altitude não assusta: é praticamente a mesma de Tunja, na Colômbia, onde há duas semanas o Grêmio derrotou o Boyacá Chicó por 1 a 0 – mas poderia ter goleado, tal a quantidade de chances desperdiçadas.

Com a vitória, a crise que se instalava no Olímpico começou a morrer. A possível demissão do técnico Celso Roth – clamada devido à perda do primeiro turno do Gauchão, para o Inter, seguida de dois fracassos nas primeiras rodadas do returno – virou coisa do passado. A goleada por 6 a 1 sobre o São José, logo em seguida, consolidou o clima de otimismo.

A escalação desta quarta será a mesma da vitória sobre o Boyacá e da goleada pela terceira rodada do Gauchão. Foram jogos nos quais o time mostrou segurança defensiva, fluência no meio-de-campo e criação de inúmeras chances de gol.

O esquema tático utilizado foi o 3-5-2. Em conversa com a diretoria, Celso Roth se convenceu de que o 3-6-1 era um tiro no pé. Da partida na Colômbia para a do Gauchão contra o São José, a única mudança foi a troca de funções entre os zagueiros Réver e Rafael Marques. O segundo passou a ser líbero e o primeiro voltou à posição de stopper pela esquerda, onde se sente melhor para defender e até apoiar.

A questão discutida nos últimos dias é a falta de gols de Alex Mineiro, autor de apenas quatro na temporada, nenhum na Libertadores. Jonas, que marcou oito no Gauchão, também está devendo – sobretudo depois das chances perdidas contra o Boyacá.
A pressão sobre os dois agora é maior: Herrera e Maxi López viajaram e ficarão no banco de reservas.

O Aurora perdeu suas duas primeiras partidas por 3 a 0: em casa, para o Boyacá, e em Santiago, para o Universidad de Chile. Joga sua vida na competição. Mas está desfalcado do meia Julio Hurtado, convocado para jogos das Eliminatórias da Copa do Mundo. Entretanto, venceu o Real Mamoré por 2 a 0, domingo, com time misto, pelo Campeonato Boliviano – no qual é vice-líder.

FICHA TÉCNICA
AURORA X GRÊMIO

Estádio: Felix Capriles (Cochabamba, BOL)
Data – hora: 25/03/2009 – 21,50h (horário de Brasília)
Árbitro: Juan Soto (VEN)
Auxiliares: Plácido Chuello e Jorge Urrego (VEN)

AURORA: Dulcich; Rodríguez, Leonforte, Edson Zenteno e Méndez; Escobar, Cardozo, Fernández e Cristian López; Paredes e Castellón. Técnico: Júlio César Baldivieso.

GRÊMIO: Victor; Leo, Rafael Marques e Réver; Ruy, Adilson, Tcheco, Souza e Fábio Santos; Jonas e Alex Mineiro. Técnico: Celso Roth.

Contra o Canoas, reservas do Grêmio entram em ação mais uma vez

Roth escala Herrera e Reinaldo no ataque. Time terá apenas um titular

Ampliar Foto Agência/Estado Agência/Estado

Herrera forma dupla de ataque com Reinaldo

O Grêmio não abre mão do planejamento feito no início da temporada e mais uma vez terá um time formado quase todo por reservas no Gauchão. Neste domingo, às 16h (de Brasília) pela quarta rodada do segundo turno do Estadual, a equipe visita o Canoas, no Complexo Esportivo.

Líder da Chave 2, com 7 pontos, o time precisa vencer fora de casa para encaminhar a classificação às quartas-de-final. O adversário está apenas dois pontos atrás, em quinto, e se ganhar se mantém na briga pelo G-4.

A RBSTV transmite a partida ao vivo para todo o estado. O Premiere, pelo sistema pay-per-view, mostra para todo o país.

Confira a classificação do Campeonato Gaúcho

Reservas são chamados…mais uma vez

Ampliar Foto Richard Fausto/GLOBOESPORTE.COM Richard Fausto/GLOBOESPORTE.COM

Jadílson deve estar em campo neste domingo

Depois de golear o São José com o time titular, em jogo antecipado da quinta rodada, o técnico Celso Roth pensa na Libertadores e poupa jogadores para a partida da próxima quarta-feira, contra o Aurora, da Bolívia, fora de casa.

Sendo assim, para o compromisso deste domingo, a equipe que vai entrar em campo será formada por reservas. A expectativa gira em torno da dupla de ataque. Roth chegou a cogitar a entrada de Maxi López desde o princípio, mas o técnico preferiu escalar Reinaldo ao lado de Herrera.
– O Maxi ainda não está bem, vem readquirindo todo um ritmo de trabalho. Ele ainda não está em seu ideal – disse o comandante.
Jadílson deve ser o dono da lateral esquerda. O jogador se diz tranquilo com a disputa com Fábio Santos pela posição.

– Vou continuar trabalhando forte e procurar fazer o melhor. Eu acho que não está sendo assim. Eu joguei o primeiro jogo da Libertadores, no segundo estava machucado e entrou o Fábio. O negócio é sempre atuar da melhor forma para conseguir um espaço – opinou.

Canoas tem uma dúvida

O zagueiro Anderson Seffrin deixou o treinamento dessa sexta-feira sentindo uma lesão e se transformou na única dúvida do técnico Beto Almeida para escalar o Canoas. O jogador recebeu uma pancada no joelho. Caso não se recupere, Cuca será o substituto.

Uma das curiosidades da partida é o reencontro do volante Gavião com o Grêmio. O jogador de 29 anos atuou durante uma década pelo Tricolor. Será a primeira vez que ele enfrenta o ex-clube.

CANOAS GRÊMIO
André, Jonathan, Dudu, Seffrin (Cuca) e Júnior; Wanderson, Gavião, Léo Dias e Jé; Tatá e Lê. Marcelo Grohe, Saimon, Thiego e Héverton; Makelele, Júlio César, Orteman, Maylson e Jadílson; Reinaldo e Herrera.
Técnico: Beto Almeida. Técnico: Celso Roth.
Estádio: Complexo Esportivo, Canoas. Data: 22/03/2009. Árbitro: Leandro Pedro Vuaden. Auxiliares: Alexandre Kleiniche e Sedenir Martins.
Transmissão: A RBSTV transmite a partida ao vivo para todo o estado. O Premiere, pelo sistema pay-per-view, mostra para todo o país.

Grêmio vence a primeira no returno

Tricolor derrotou o Sapucaiense por 2 a 0 e entrou no G-4

Léo abriu o placar para o Grêmio com um gol de cabeça no primeiro tempoLéo abriu o placar para o Grêmio com um gol de cabeça no primeiro tempo (Crédito: Ricardo Rimoli)

LANCEPRESS!

A vitória do Grêmio por 2 a 0 sobre o Sapucaiense, neste domingo, em São Leopoldo, pela terceira rodada do returno do Gauchão, tranquilizou a torcida – desconfiada da atuação da equipe no Estadual. Além disso, os gols marcados por Léo e Makelele, no primeiro tempo, colocaram o Tricolor entre os quatro do Grupo 2 que se classificam para as quartas-de-final. No entanto, um gremista não tem tantos motivos para comemorar: o atacante Jonas, que chegou à terceira partida seguida sem marcar (a última vez foi no empate em 1 a 1 com o Ypiranga, no dia 5 de março).

A semana não foi feliz para o artilheiro do Grêmio na temporada, com seis gols. Quarta-feira passada, Jonas perdeu três vezes um mesmo gol contra o Boyacá Chicó, pela Libertadores, e chegou a ser citado por um jornal espanhol como “o pior jogador do mundo”. Na partida deste domingo, o atacante não teve chances claras de gol – na única oportunidade, aos 19 minutos, chutou por cima do travessão – e foi substituído pelo técnico Celso Roth aos 17 minutos do segundo tempo.

O volante Maylson e o apoiador Adilson foram os destaques e perderam boas chances de ampliar o placar. Por outro lado, o ataque formado por Jonas e Herrera, que deu lugar a Maxi López aos 31 minutos do segundo tempo, foi uma decepção. Não à toa, os dois gols da partida foram marcados por zagueiros.

Ao ser perguntado sobre o gol que marcou, Makelele resumiu a atual situação dos gremistas e aumentou a pressão sobre o artilheiro:

– O Jonas não está fazendo gol, mas a defesa faz.

No segundo tempo, com o resultado garantido, o Grêmio perdeu o poder ofensivo e só administrou o resultado. Faltou sorte ao Sapucaiense, cuja melhor jogada aconteceu aos 12 minutos da segunda etapa, em um chute de Adão na trave. Na próxima rodada, a equipe do Olímpico recebe o São José, quarta-feira, enquanto o time de Sapucaia do Sul enfrenta o Caxias, fora de casa, no sábado.
SAPUCAIENSE X GRÊMIO
Estádio: Estádio Cristo-Rei, em São Leopoldo (RS)
Data/hora: 15/03/2009, às 16h
Árbitro: Márcio Coruja
Auxiliares: João Lúcio e Edson Arnhold

Gols: Léo, 11′/1ºT e Makelele, 35′/1ºT
Cartões amarelos: Dione (SAP)

SAPUCAIENSE: Eliandro; Gian (Douglas, 19′/2ºT), Rudi, Cirilo e Eloir (Dione, intervalo); Zé Luiz, Lacerda, John e Evandro (Lucas, intervalo); Adão e Rodrigo Galvão. Técnico: Círio Quadros.

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Léo, Rafael Marques e Thiego; Ruy, Julio Cesar, Makelele (Douglas Costa, 40′/2ºT), Maylson e Adílson; Jonas (Reinaldo, 17′/2º tempo) e Herrera (Maxi López, 31′/2ºT). Técnico: Celso Roth.

Grêmio encara o Sapucaiense para se recuperar no Gauchão

Após abafar crise com vitória pela Libertadores, Tricolor vai a São Leopoldo em importante jogo pela Taça Fábio Koff

Reprodução/Site Oficial do Grêmio

Roth: ‘Se participarem, serão só alguns’

Abafada a crise, o Grêmio volta a pensar no Campeonato Gaúcho. A vitória de 1 a 0 sobre o Boyacá Chicó pela Libertadores deve render maior tranquilidade ao Tricolor no jogo contra o Sapucaiense, às 16h deste domingo, em São Leopoldo. O time de Celso Roth busca recuperação na Taça Fábio Koff, o segundo turno do Estadual.

Após perder o título do primeiro turno para o Inter, o Grêmio teve duas patinadas na largada da segunda metade da competição, com empate em casa diante do Ypiranga e derrota fora para o Santa Cruz-RS. Novo insucesso pode até mesmo ameaçar a classificação do time gremista às quartas-de-final da disputa.

Em função do cansaço da viagem à Colômbia, o Grêmio deve ir a campo contra o Sapucaiense com time reserva. A RBS TV mostra a partida ao vivo para o Rio Grande do Sul, e o Premiere transmite, em sistema e pay-per-view, a todo o país.

Veja a classificação do Campeonato Gaúcho

Desgaste e necessidade de pontos

Celso Roth vem falando que chegará um momento de decisão definitiva sobre o aproveitamento dos titulares no Campeonato Gaúcho. Com o avanço da Libertadores, o treinador será obrigado a deixar o Estadual de lado. De certa forma, ele já vem fazendo isso, mesmo que de forma moderada. Contra o Santa Cruz, a derrota de 3 a 2 teve time misto. Neste domingo, é provável que a escalação seja reserva.

– Em princípio, será a mesma situação da semana passada. Os jogadores que atuaram na Colômbia não devem participar da partida. Se participarem, serão só alguns – disse o treinador.

A lista de relacionados sai neste sábado, com a provável presença de alguns titulares, só que mais para compor o banco de reservas no domingo do que para jogar. O time deve ir a campo com suplentes importantes, como Makelele, Douglas Costa e Herrera. Na esquerda, Jadilson, recuperado de lesão no tornozelo, provavelmente começará o jogo.

O argentino Maxi López, em busca de melhor ritmo de jogo, pode ficar novamente fora, como aconteceu contra o Boyacá. Nesta sexta-feira, ele treinou ao lado dos juniores em coletivo contra os reservas.

Sem esperança

O Sapucaiense até confia que não será rebaixado, mas leva pouca fé na possibilidade de iniciar a recuperação contra o Grêmio. Foi o que deixou claro o técnico Círio Quadros, em entrevista ao ClicRBS.

– Nossa chance de vencer o Grêmio é mínima. De empatar também – disse o treinador.

O time de Sapucaia do Sul está na lanterna do Grupo 4, ainda zerado. No primeiro turno, o Sapucaiense teve a pior terceira campanha, com apenas seis pontos. É sério candidato ao rebaixamento.

Ficha do jogo

SAPUCAIENSE GRÊMIO
Eliandro, Gian, Rudi, Cirilo e Eloir; Zé Luiz, Lucas, John e Pierre; Adão e Rodrigo Galvão. Victor, Saimon, Thiego, Heverton e Jadilson; Diogo, Maylson, Makelele e Douglas Costa; Herrera e Reinaldo.
Técnico: Círio Quadros. Técnico: Celso Roth.
Estádio: Cristo Rei, em São Leopoldo (RS). Data: 15/03/2009. Horário: 16h (de Brasília). Árbitro: Márcio Coruja. Auxiliares: João Lúcio de Souza Júnior e Edson José Arnhold.
Transmissão: A RBS TV exibe o jogo para o estado do Rio Grande do Sul. O Premiere, pelo sistema pay-per-view, transmite a partida ao vivo para todo o país.

Vitória sobre o Boyacá Chicó foi a centésima de Roth pelo Tricolor

Segundo dados do clube, treinador orientou a equipe em 188 partidas. Primeira passagem pelo Olímpico foi em 1998

Ampliar Foto Agência/EFE Agência/EFE

Jogadores vibram após gol na Colômbia

Se o Grêmio perdesse para o Boyacá Chicó na quarta-feira, na Colômbia, Celso Roth seria demitido. Como o resultado foi positivo, o treinador ganhou o direito de seguir no cargo. E ainda atingiu um feito: foi a centésima vitória pelo clube tricolor.

Segundo dados do clube, Celso Roth orientou o Grêmio 188 vezes, com 100 vitórias, 43 empates e 45 derrotas. A primeira passagem dele pelo Olímpico foi em 1998, quando tirou o time da zona de rebaixamento para colocá-lo nas quartas-de-final do Campeonato Brasileiro. Em 1999, conquistou a Copa Sul e o Gauchão pelo Grêmio. Também defendeu o clube em 2000, de agosto a dezembro.

O retorno ao Olímpico foi em fevereiro do ano passado, após a demissão de Vágner Mancini. Roth foi eliminado precocemente no Gauchão e na Copa do Brasil. No Brasileirão, ficou na segunda colocação.

Treino mostra provável time para domingo. Jadilson volta

Grêmio deve ter equipe totalmente reserva contra o Sapucaiense, em São Leopoldo, pelo Campeonato Gaúcho

Ampliar Foto Richard Souza/GLOBOESPORTE.COM Richard Souza/GLOBOESPORTE.COM

Jadilson volta ao time após lesão

O técnico Celso Roth realizou um treinamento coletivo envolvendo os reservas do Grêmio e jogadores das categorias de base na tarde desta sexta-feira, no Olímpico. A equipe dos suplentes que treinou no gramado suplementar deve ser escalada no domingo, às 16h (de Brasília), em São Leopoldo, contra o Sapucaiense, pelo Campeonato Gaúcho.

Os titulares, em função do cansaço da viagem à Colômbia, encerrada na noite de quinta-feira, devem ficar todos fora, com a exceção do goleiro Victor. A boa notícia é o retorno do lateral-esquerdo Jadilson, que teve lesão no tornozelo e não foi a Tunja para enfrentar o Boyacá Chicó.

Time provável para domingo: Victor, Saimon, William Thiego, Heverton e Jadilson; Diogo, Maylson, Makelele e Douglas Costa; Reinaldo e Herrera. O argentino Maxi López esteve no time dos juniores nesta sexta. A presença dele no grupo de relacionados só será confirmada na manhã de sábado, quando sai a lista de Celso Roth.